Você está aqui: Página Inicial > Campus Eunápolis > Cursos > Subsequente > INFORMÁTICA
conteúdo

imagem de topo - curso informática subsequente

ENFERMAGEM SUBSEQUENTE - CampusEunápolis

Ficha técnica do curso
FormaSubsequente
TurnoNoturno e Vespertino aos sábados
Duração24 meses
Carga Horária1800 horas
Regime seriado Semestral
ModalidadePresencial 
Forma de ingressoProcesso seletivo                                                     
Oferta de Vagas40 vagas
Resolução CONSUP / CONSEPE

Nº 07, de 16 de setembro de 2002

                                               


Eventos

There was an error while rendering this tile

Sobre o curso

O Curso Técnico em Enfermagem conta, atualmente, com 14 professores, sendo 09 professores efetivos (07 em dedicação exclusiva e 02 em regime de 40 horas) e 05 professores substitutos (em regime de 40 horas) que desenvolvem atividades de ensino, pesquisa e extensão. O curso Técnico em Enfermagem foi implantado em 1996, ano em que a rede municipal cresceu consideravelmente, de acordo com a Lei Federal nº 5.692/71 e nº 7.044/82.
O Curso Técnico em Enfermagem ofertado desde 1996 no IFBA/Campus Eunápolis foi um dos únicos cursos que não sofreram solução de continuidade quanto a sua oferta ao público, desde a sua implantação. Funcionando na modalidade subsequente atende a população denominada de pós-médio; adultos que ensejam melhorar sua qualificação profissional através de aquisição de novas habilidades.
Atualmente são ofertadas 40 (quarenta) vagas por processo seletivo, embora no passado já tenham ocorrido ofertas de 30 (trinta) vagas. Dados de 2007 a 2015 fornecidos pela Coordenação de Registros Escolares-CORES demonstram um percentual de 40 % de conclusão dos discentes matriculados neste período.
No PPC vigente o curso está organizado em quatro módulos, com duração mínima de dois anos, tendo os estágios programados para início no módulo I, em geral retardando a desistência por não aptidão ao curso e as atividades inerentes à nova profissão em formação. Buscou-se readequação a esta problemática com a introdução precoce ao campo prático com 40 horas de estágio já no primeiro semestre.
A inclusão dos formandos nos diversos setores e serviços seja no nível local, regional e nacional é facilmente constatada, pois o município de Eunápolis e região de abrangência tem um número significativo de hospitais vinculados à Rede Pública de Saúde, além de outros, da rede particular, além de clínicas, laboratórios e outros que absorvem a maioria dos egressos, principalmente pelo nível de qualidade comprovados. Esse fator tem sido determinante para a grande procura pelo curso, principalmente pela oportunidade de inserção no mundo do trabalho, em uma região que tem um nível alto de desemprego.

Perfil do futuro profissional (egresso)

 

O profissional formado:

  • Atuará sob a supervisão do Enfermeiro, em ações de promoção, prevenção, recuperação e reabilitação de indivíduos e grupos, intervindo diretamente no processo saúde/doença. Para tanto, requer do profissional, não só competências técnicas isoladas, mas, articulação com as competências ética e política de modo a contribuir com um sistema de saúde que está em contínua implementação. Busca-se então a formação de um sujeito que seja um agente de mudanças.

 

  • Assistir ao Enfermeiro no planejamento, programação, orientação e supervisão das atividades de assistência de enfermagem; na prestação de cuidados diretos de enfermagem a pacientes em estado grave; na prevenção e controle das doenças transmissíveis em geral em programas de vigilância epidemiológica; na prevenção e no controle sistemático da infecção hospitalar; na prevenção e controle sistemático de danos físicos que possam ser causados a pacientes durante a assistência de saúde; executar atividades de assistência de enfermagem, excetuadas as privativas do enfermeiro; integrar a equipe de saúde.

 

  • Participar nos programas e nas atividades de assistência integral a saúde individual e de grupos específicos, particularmente daqueles prioritários e de alto risco; participar nos programas de higiene e segurança do trabalho e de prevenção de acidentes e de doenças profissionais e do trabalho.

 

  • Atuar dentro de uma equipe multiprofissional e interdisciplinar com senso crítico-reflexivo e autocrítica, iniciativa, flexibilidade, senso de observação acurado, capacidade de auto-gestão, abstração e raciocínio lógico.

 

  • Atuar nos diversos níveis de atenção à saúde (atenção básica, média e alta complexidade), em serviços públicos e privados.

 

  • Deter uma qualificação profissional, tanto na dimensão técnica especializada, quanto na dimensão ético-política, comunicacional e de relações interpessoais, pois o que se observa é que a postura ética, os valores e princípios, que pertencem ao domínio das atitudes dos profissionais se encontram aquém da evolução científico-tecnológica.

 

  • Não pode desconsiderar as questões éticas sob o risco de agravar ainda mais a disparidade já existente entre conhecimentos/habilidades técnicas e as atitudes no perfil desses profissionais.

 

  • Identificar os determinantes e condicionantes do processo saúde-doença; a estrutura e organização do sistema de saúde vigente; as funções e responsabilidades dos membros da equipe de trabalho.

 

  • Planejar e organizar o trabalho na perspectiva do atendimento integral e de qualidade; Realizar trabalho em equipe, correlacionando conhecimentos de várias disciplinas ou ciências, tendo em vista o caráter interdisciplinar da área.

 

  • Aplicar normas de biossegurança; Aplicar princípios e normas de higiene e saúde pessoal e ambiental; Interpretar e aplicar legislação referente aos direitos do usuário; Identificar e aplicar princípios e normas de conservação de recursos não-renováveis e de preservação do meio ambiente; Aplicar princípios ergonômicos na realização do trabalho.

 

  • Avaliar riscos de iatrogênicas, ao executar procedimentos técnicos; Interpretar e aplicar normas do exercício profissional e princípios éticos que regem a conduta do profissional de saúde; Identificar e avaliar rotinas, protocolos de trabalho, instalações e equipamentos.

 

  • Operar equipamentos próprios do campo de atuação, zelando pela sua manutenção; Registrar ocorrências e serviços prestados de acordo com exigências do campo de atuação; Prestar informações ao cliente, ao paciente, ao sistema de saúde e a outros profissionais sobre os serviços que tenham sido prestados.

 

  • Orientar clientes ou pacientes a assumirem, com autonomia, a própria saúde; Coletar e organizar dados relativos ao campo de atuação; Utilizar recursos e ferramentas de informática específicos da área; Realizar primeiros socorros em situações de emergência.

 

  • Ter competência técnica e tecnológica em sua área de atuação; sendo capazes de se inserir no mundo do trabalho de modo compromissado com o desenvolvimento local e regional sustentável; com formação humanística e cultura geral integrada à formação técnica, tecnológica e científica; tendo como base princípios éticos e de maneira sustentável; capazes de interagir e aprimorar continuamente seus aprendizados a partir da convivência democrática com culturas, modos de ser e pontos de vista divergentes; sendo cidadãos críticos, propositivos e dinâmicos na busca de novos conhecimentos.



Habilidades do profissional

Áreas de atuação

  • Hospitais e clínicas públicas e privadas;
  • Postos de saúde;
  • Laboratórios. 

Áreas de estudo

  • Consolidar e aprofundar conhecimentos adquiridos no ensino fundamental, possibilitando o prosseguimento dos estudos;
  • Favorecer a formação do educando como pessoa humana, incluindo a ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico;
  • Compreender os fundamentos científico-tecnológicos dos processos produtivos, relacionando a teoria com a prática; 
  • Proporcionar formações humanísticas, filosóficas, artísticas, científicas, tecnológicas e profissionalização na área de Informática, aos alunos que já concluíram Ensino Fundamental, para ingressarem no mundo do trabalho;
  • Formar técnicos aptos a promover e gerir trabalhos em equipe, em concordância com as normas técnicas e a ética profissional;
  • Formar técnicos capacitados na instalação, manutenção e manipulação de softwares e hardwares;
  • Formar técnicos aptos a administrar sistemas de informação e comunicação, com conhecimento em Redes, Banco de Dados, Programação e Manutenção;
  • Formar profissionais com uma visão empreendedora, com noções de gestão e negócios na área de tecnologias de informação;
  • Formar técnicos capacitados a assimilar novas tecnologias.
  • Objetivos
    • Habilitar o técnico em enfermagem a desenvolver ações de saúde cabíveis ao técnico de nível médio, atribuídas à equipe de enfermagem.
    • Proporcionar ao discente o desenvolvimento das competências e habilidades necessárias para o desenvolvimento de atividades de enfermagem, como membro de equipe multiprofissional da área de saúde.
    • Contribuir para a qualidade da assistência de enfermagem no sistema de atenção á saúde do município de Eunápolis e região.
    • Formar profissionais, afim de que os mesmos desenvolvam competências cognitivas, psicomotoras e afetivas para executar ações de enfermagem, sob supervisão do Enfermeiro, fundamentadas nos conhecimentos técnico-científicos, éticos e educacionais, com o intuito de contribuir para a qualidade do CUIDAR EM ENFERMAGEM.
    • Qualificar profissionais que já atuam na área de saúde, sub-área de enfermagem.

Laboratórios

  • Nome do laboratório (link)

Tel: xx (se houver)
E-mail: mail@ (se houver)
Veja fotos aqui

Representações estudantis

  • Nome da Empresa Junior (link)

Tel: xx (se houver)
E-mail: mail@ (se houver)

  • Nome do Grêmio Estudantil (link)

Tel: xx (se houver)
E-mail: mail@ (se houver)

Orgãos Representativos

  • Nome do colegiado do curso / NDE (link)

Tel: xx (se houver)
E-mail: mail@ (se houver)

  • Conselho profissional (link) (se houver)

Tel: xx (se houver)
E-mail: mail@ (se houver)

Publicações

  • TCC - Trabalhos de conclusão de curso
  • Monografias
  • Artigos
  • Publicações
  • Livros

Pesquisa Extensão Inovação

Tel: xx (se houver)
E-mail: mail@ (se houver)

Tel: xx (se houver)
E-mail: mail@ (se houver)

Contatos

Coordenador (a): Maria Emília dos Santos Gonçalves

Formação/Titulação: Mestre em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento Regional

Currículo Lates: link
Contato: (73)3281-2266
E-mail: emiliasam@ifba.edu.br/coenf-eun@ifba.edu.br 

Secretaria: Nome
Funcionamento: 08h00 - 18h00
Contato: Tel (73)3281-2266
E-mail: coenf-eun@ifba.edu.br

Reitoria: Av. Araújo Pinho, nº39 - Canela - Salvador - BA | CEP: 40.110-150 
Copyright © 2017 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia - IFBA. Todos os direitos reservados.