Você está aqui: Página Inicial > Campus Simões Filho > Artigos até 2018 > Sobre o trote estudantil!
conteúdo

Sobre o trote estudantil!

publicado: 29/06/2017 12h03, última modificação: 29/06/2017 12h03

Prezada Comunidade,

Aproxima-se a data de apresentação dos novos alunos (calouros) no nosso Instituto, e como sempre, grupos se articulam para fazer uma recepção não muito agradável, é o popular trote, onde entre outras coisas, pintam com tintas muitas vezes não laváveis, ovos podres, farinha de trigo ou de mandioca, soluções preparadas sem controle, que na maioria das vezes queimam e irritam a pele do atingido, entre outras humilhações.

  

O trote não deve ser uma forma de bullying, por isso, necessitamos coibir e denunciar esta maneira velada de humilhação e intimidação contra nossos novos alunos. O Código Disciplinar Discente (CDD), em seu artigo 5º § VI, trata deste assunto com o viés proibitivo, portanto estaremos atentos.

 Consideramos que pode ser feita a recepção dos novos colegas de forma mais criativa e inteligente, como por exemplo: o “trote da cidadania e da conscientização”, o “trote da sustentabilidade” ou outra forma de trote que não agrida. Neste contexto, o Grêmio estudantil tem uma proposta inovadora, que deve ser apoiada por todos os alunos.

 

Nossos Coordenadores já sinalizaram as consequências para quem praticar o chamado trote humilhante.

 

O acolhimento de maneira civilizada e alegre é o nosso foco.

 

 

Prof. Rúi Mota

Diretor Geral Campus Simões Filho

registrado em: