Você está aqui: Página Inicial > Campus Simões Filho > Artigos até 2018 > III Fala Servidor
conteúdo

III Fala Servidor

publicado: 29/06/2017 12h03, última modificação: 29/06/2017 12h03

O Fala Servidor desta semana entrevistou Dona Dinorah Pinheiro da Costa, 64 anos, 30 deles dedicados ao CENTEC, CEFET e ao IFBA. Dona Dinorah, que se aposentou na última semana, fez um balanço dos anos de trabalho que a levaram a passar por diversos departamentos no Instituto, começando como servente de limpeza e chegando até o setor audiovisual.

>>> ver foto

Pergunta – A Senhora dedicou 30 anos à escola. Fale um pouco das mudanças que vivenciou no campus.

 

D. P. C. - Muita coisa mudou nesses 30 anos. Quando eu entrei aqui, o Instituto ainda era chamado de CENTEC, depois virou CEFET e, finalmente, IFBA. Nesse meio tempo, vi a escola crescer, melhorar e, mais importante de tudo, vi o IFBA abraçar a comunidade e ser abraçado por ela. Hoje, a escola tem uma importância muito grande para a população de Simões Filho e região. A gestão do prof. Rui está trazendo ainda mais melhorias e acredito que a tendência do IFBA é só crescer.

 

Pergunta – Quais foram suas maiores alegrias nesses 30 anos de serviço público?

 

D. P. C. - Minha maior alegria foi ter podido criar meus seis filhos e oito netos, sem marido, apenas com meu trabalho aqui. Hoje tenho filhos trabalhando em contabilidade, assistência social, agência de saúde e técnica em enfermagem. Outro ponto positivo foi a camaradagem que encontrei na escola. Fiz tantos amigos que já vim várias vezes ao IFBA depois de me aposentar, só para rever o pessoal. Vai deixar saudades. Tanto que estou tentando realizar uma missa no campus para congregar ainda mais nossos laços.

 

Pergunta – Como foi sua trajetória desde a função de servente de limpeza até o setor audiovisual?

 

D. P. C. - Como entrei antes da Constituição, comecei na limpeza, mas fui sendo transferida para outros setores, até chegar ao audiovisual. Gostei muito do contato direto com os alunos, que sempre foram muito gentis comigo.

 

Pergunta – Que mensagem a Senhora deixaria para os novos servidores?

 D. P. C. - Trabalhar sempre com amor e um sorriso, com muito carinho e vocação. Evitar as palavras rudes que podem gerar confronto. Na retidão, todos serão felizes.

 

registrado em: