Você está aqui: Página Inicial > Campus Simões Filho > Artigos até 2018 > A Poesia e o Samba do Novembro Negro
conteúdo

A Poesia e o Samba do Novembro Negro

publicado: 29/06/2017 12h03, última modificação: 29/06/2017 12h03

Um sarau de música e poesia mudou a rotina dos alunos do IFBA Simões Filho na tarde de hoje (13/11). Organizado pelo Grêmio Estudantil Paulo Freire (GEPAF), o evento cultural, denominado “Novembro Negro”, revelou talentos entre alunos e professores, que apresentaram temas ligados à realidade da população afrodescendente no Brasil.

>>> Ver fotos aqui

A a professora de biologia Adriana Magalhães Lucio cantou canções dos grupos Cidade Negra, Evanescence e O Rappa. “Acho muito importante essa interação entre docentes e discentes, mostrando que estamos falando a mesma linguagem, diminuindo as diferenças”, disse.

 

Depois foi a fez da banda “Na Contramão do Samba”, formada por alunos do 2° ano de PGN, fazer um pocket show com cinco músicas, mesclando canções de grupos conhecidos como Sorriso Maroto e Grupo Revelação, além de composições autorais. Intercalando o programa, as alunas Ester Reis Moraes (1° ano PGN) e Nannyrose Harnett (3º semestre de eletromecânica) recitaram poesias sobre o tema da IX Semana da Consciência Negra. Houve também muitos improvisos dos alunos, que arrancaram aplausos e emocionaram os presentes. O próximo Sarau está marcado para o dia 19/11. 

registrado em: