Você está aqui: Página Inicial > Campus Seabra > Notícias > Notícias Campus Seabra > Entre os dias 17 e 20 de agosto, foi entregue no formato de um kit o produto final do Projeto “‘Kit-Enfrentamento’ (...)"
conteúdo

Entre os dias 17 e 20 de agosto, foi entregue no formato de um kit o produto final do Projeto “‘Kit-Enfrentamento’ (...)"

por Campus Seabra publicado 10/09/2020 21h20, última modificação 10/09/2020 21h20

   Entre os dias 17 e 20 de agosto, foi entregue no formato de um kit o produto final do Projeto “‘Kit-Enfrentamento’ pandemia: trazendo alento, informação e incentivo à agricultura familiar na Chapada Diamantina” a famílias de 22 comunidades rurais seabrenses. Foram percorridos mais de 200 km do município de Seabra, transportando o "Kit Enfrentamento", formado por itens alimentícios não-perecíveis e alimentos provenientes da Agricultura Familiar de Seabra, itens de higiene, máscaras, cartilha informativa sobre a COVID e preventiva à violência doméstica, bem como livros didáticos e paradidáticos vindos de doações.

                      

                                                                   Fig. 01 - Preparação e montagem dos kits.

                                         

                                                               Fig. 02 - Preparação e montagem dos kits.

                            

                                                                        Fig. 03 - Kits alimentícios montados.

   A realização do projeto se deve aos recursos obtidos por meio do Edital 11/2020 PRPGI/PROEX IFBA que foram aplicados na compra (processo que levou 3 meses) dos seguintes itens da Agricultura Familiar: farinha, tapioca, café, abóbora, couve, rúcula, alface, mostarda, andú, feijão de corda, coentro, salsa, laranja, abacate, maracujá, batata, beterraba, aipim, todos produzidos de forma natural, ou seja, sem veneno. Além dos produtos frescos, provindo da Agricultura Familiar de Seabra, também estavam presentes no kit: 5kg de arroz, 2kg de feijão, 1l de óleo, 1kg de açúcar, 2 pacotes de macarrão, 2 massas de tomate, 2 latas de sardinha, 1 pacote de leite em pó, 1l de álcool e 2l de água sanitária.

                             

                                                                          Fig. 04 - Produtos contidos nos Kits.

                              

                                                                    Fig. 05 - Cartilha e cardápio contidos nos Kits.

                             

                    Fig. 06 - Produtos naturais da Agricultura Familiar contidos nos Kits, em destaque na foto Tapioca.

                    

                                                Fig. 07 - Produtos naturais da Agricultura Familiar contidos nos Kits.

                             

                                                Fig. 07 - Produtos naturais da Agricultura Familiar contidos nos Kits.

   Fruto de um esforço coletivo para o planejamento e execução do projeto, este foi concretizado por discentes, discentes egressas, lideranças comunitárias, Conselho Municipal de Desenvolvimento Social (CMDS), Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores Rurais (STTR), coordenadas pela docente Therezinha Gauri Leitão do Câmpus Seabra e pel@s discentes Geovanna Santanna e Helmo Pires.

         

                                                                           Fig. 08 - Equipe executora do projeto.

   Foi possível beneficiar 100 famílias (em um total aproximado de 400 pessoas) de 22 comunidades diferentes: Agreste, Baixão Velho, Brauninha, Cabaceiras, Cachoeira da Várzea, Córrego do Molha Gibão, Lagoa da Boa Vista, Lagoa do Baixão, Lagoinha dos Mendes, Macamba de Dentro, Manduzinho, Mata Cachorro, Mocambo da Cachoeira, Olhos D'água do Antonio Francisco, Passagem Funda, Prata de Baixo, Riacho das Palmeiras, São Lourenço, Solidão, Vão das Palmeiras, Várzea do Caldas, Veredinha.

               

                                                          Fig. 09 - Entrega dos kits nas comunidades rurais de Seabra.

                 

                                                          Fig. 10 - Entrega dos kits nas comunidades rurais de Seabra.

 

                   

                                                          Fig. 11 - Entrega dos kits nas comunidades rurais de Seabra.

   Os kits foram entregues às lideranças das Associações de cada comunidade (presidentes de Associação, Agentes Comunitárias de Saúde), que indicaram para o projeto as famílias, de cada comunidade em situação de maior vulnerabilidade socioeconômica. Dessa maneira, os kits foram repassados para cada uma das famílias recomendadas pelas lideranças, que agradeceram imensamente a toda equipe do projeto, bem como aos parceiros: STTR e CMDS.

   Foram 4 dias de trabalho intenso, incluindo carregar os kits, que pesaram cerca de 50kg cada, o que exigiu a dedicação em tempo integral da equipe, das 07:30h da manhã às 17:00h. Os kits foram montados no espaço do STTR, por meio da colaboração das lideranças sindicais Maria Zélia Guimarães, Elissandra Oliveira, Hildete Rosa e Osvaldo Ferreira, enquanto os registros fotográficos de todas as entregas foram realizados pelo fotógrafo Everton de Oliveira.

   O grande diferencial desse projeto foi trazer, de um lado, benefício, alento e informação às famílias rurais de Seabra que estão passando por situação de vulnerabilidade socioeconômica e, de outro, fortalecer e estimular à Agricultura Familiar da região, comprando diretamente da produção agrícola natural, ou seja, cultivada sem veneno. A fim de valorizar a produção natural local, a equipe construiu o “Folheto Cardápio” que foi acrescido em cada Kit Enfrentamento, relacionando os produtos frescos com a localização de suas produções.

   Ampla discussão foi realizada, ao longo de 3 meses, sobre a pandemia e suas consequências e o novo SARS-Cov-2 junto às alunas e alunos do Campus Seabra, participantes do projeto, em diálogo com discentes egressas e participantes de projetos de Extensão anteriores, como o “Ubuntu”, trazendo também a discussão sobre Gênero, Sexualidade e Violência Doméstica em tempos de pandemia. Essa discussão gerou a cartilha "Enfrentamento da Pandemia”, distribuída juntamente com cada Kit Enfrentamento.

   Um dos desdobramentos das ações do projeto é a criação de páginas nas redes sociais para ampla divulgação de informações sobre COVID-19, sobre Violência Doméstica e sobre a divulgação dos produtos da Agricultura Familiar, produzidos pelas comunidades de Seabra. Estaremos preparando podcasts, vídeos, áudios e lives para divulgação, valorização e fortalecimento da Agricultura Familiar da Chapada Diamantina, visibilizando a grande vocação de nossa região: A Agricultura Natural de base Agroecológica!

 

registrado em: Seabra - Notícias 2020