Você está aqui: Página Inicial > Campus Seabra > Institucional > Atribuições e Cargos > Coordenação de Curso
conteúdo

Coordenação de Meio Ambiente

Algumas atribuições:

1. Supervisionar, em conjunto com a equipe técnico-pedagógica, a adequação dos espaços à proposta estabelecida no projeto pedagógico do curso.

 2. Orientar os responsáveis pela utilização do espaço quanto à necessidade de aquisição e melhoria, encaminhando as solicitações ao conselho de curso e direção.

 3. Indicar, periodicamente, o levantamento da necessidade de livros, periódicos e outras publicações, visando equipar a biblioteca para atender de forma consistente às referências constantes dos projetos de cursos.

 4. Propor, em conjunto com seus pares, à direção de ensino, a modificação na oferta de vagas, criação ou extinção de curso.

5. Definir, a cada período letivo, a demanda dos componentes curriculares a serem ofertados no período seguinte.

6. Indicar à direção de ensino, a partir de consulta às áreas, o professor que assumirá cada componente curricular e responsabilizar-se, em trabalho conjunto com a direção de ensino, pela construção dos horários, respeitando-se a necessidade do educando e a dinâmica do campus.

7. Informar alterações no sistema acadêmico do horário das turmas e dos professores.

8. Participar da avaliação de desempenho e de estágio probatório dos servidores ligados à sua coordenação, encaminhando, aos órgãos responsáveis, documentação que comprove sua atividade.

9. Atuar preferencialmente no horário de funcionamento dos cursos e dar ciência desses plantões ao seu conselho de curso e à direção de ensino.

10. Responder pelo curso junto às instâncias de avaliação (INEP, CPA, etc.), tomar ciência, divulgar resultados e promover junto à direção e aos conselhos de curso a discussão de propostas para melhorias.

11. Acompanhar o credenciamento de seu curso junto aos conselhos e órgãos de classe (CREA, entre outros).

12. Representar oficialmente o curso, ou indicar um representante, em solenidades oficiais e/ou eventos, quando solicitado.

13. Estimular a promoção e participação do curso em eventos acadêmicos.

14. Participar de reuniões ordinárias com a direção de ensino e com o conselho de curso.

15. Emitir parecer, à direção de ensino, sobre a remoção de docentes que atuem na coordenação.

16. Solicitar a abertura das disciplinas do curso no setor de registros acadêmicos.

17. Analisar e emitir parecer nos processos protocolados pelos estudantes, referentes a procedimentos acadêmicos, tais como: reintegração no curso, aproveitamento de estudos e de experiências anteriores, transferências, renovação de matrícula, trancamento de matrícula, revisão de avaliações, segunda chamada de provas, matrícula decorrente de convênio, intercâmbio ou acordo cultural, matrícula como portador de diploma ou certificado de qualificação profissional técnica de nível médio, mudança de turno e exercício domiciliar. Tudo isso em conjunto com o conselho de curso, bem como com o posterior envio à DE/DA para emissão de parecer final - ou ao setor de registro acadêmico para o devido conhecimento dos interessados e arquivamento, quando indicados e conforme as normas acadêmicas.

18. Comunicar aos docentes quando houver efetivação de matrícula decorrente de convênio, intercâmbio ou acordo cultural.

19. No que se refere à emissão e registro de diplomas no IFBA, compete aos coordenadores de curso:

- Providenciar, junto aos professores, no período estabelecido em calendário acadêmico oficial do IFBA, o envio das notas do discente ao setor de registros

acadêmicos, inclusive do estágio profissional supervisionado e/ou do trabalho de conclusão de curso, necessárias para tornar o interessado apto à conclusão do curso (Resolução n° 03 de 2014);

- Informar, notificar, comunicar, encaminhar ao setor de registros acadêmicos, ao final de cada período letivo, a relação nominal dos discentes aptos à

certificação de conclusão de curso, atestando que eles cumpriram todos os componentes curriculares do curso, necessária ao recebimento do diploma pleiteado (Resolução n° 03 de 2014).