Você está aqui: Página Inicial > Campus Santo Amaro > Pesquisa > Dúvidas Frequentes

Dúvidas Frequentes

por Campus Santo Amaro publicado 12/07/2017 15h32, última modificação 12/07/2017 15h32

Perguntas e Respostas Frequentes de alunos sobre bolsas de Pesquisa:

1. Como um aluno pode concorrer a uma Bolsa do PIBIC, PIBITI etc.?

O estudante de graduação do ensino superior (PIBIC) ou ensino médio profissionalizante (PIBIC EM ou Jr.) deve procurar um orientador/pesquisador, com titulação de doutorado/mestrado, e discutir com ele um Plano de Trabalho. Quem solicita a bolsa é o orientador, obedecendo aos prazos e requisitos do edital publicado anualmente pelo IFBA

 

2. Bolsista tem direito a férias?

Não, pois a bolsa não é regida pela CLT, não havendo portanto, vínculo de trabalho com o CNPq ou com a instituição onde estuda.

 

3. Quais as obrigações do bolsista?

- Estar regularmente matriculado em curso na instituição;

- Não ter remuneração proveniente de vínculo empregatício ou funcional concomitante à bolsa do CNPq, dedicando-se integralmente às atividades acadêmicas e de pesquisa. Os estágios obrigatórios, que fazem parte da grade curricular do curso de formação do estudante, poderão ser realizados pelos bolsistas, desde que tenha o aval do orientador;

- Ser selecionado e indicado pelo orientador;

- Apresentar no seminário anual sua produção científica sob a forma de pôsteres, comunicação oral, resumos e/ou painéis;

- Nas publicações e trabalhos apresentados fazer referência a sua condição de bolsista do CNPq;

- Estar recebendo apenas esta modalidade de bolsa, sendo vedada a acumulação desta com bolsas de outros Programas do CNPq ou com bolsas de outras instituições;

- Devolver ao CNPq, em valores atualizados, a(s) mensalidade(s) recebida(s) indevidamente, caso os requisitos e compromissos estabelecidos não sejam cumpridos.

Perguntas e Respostas Frequentes de alunos sobre bolsas de Pesquisa:

1. Como um aluno pode concorrer a uma Bolsa do PIBIC, PIBITI etc.?

O estudante de graduação do ensino superior (PIBIC) ou ensino médio profissionalizante (PIBIC EM ou Jr.) deve procurar um orientador/pesquisador, com titulação de doutorado/mestrado, e discutir com ele um Plano de Trabalho. Quem solicita a bolsa é o orientador, obedecendo aos prazos e requisitos do edital publicado anualmente pelo IFBA.


2. Bolsista tem direito a férias?

Não, pois a bolsa não é regida pela CLT, não havendo portanto, vínculo de trabalho com o CNPq ou com a instituição onde estuda.


3. Quais as obrigações do bolsista?

- Estar regularmente matriculado em curso na instituição;

- Não ter remuneração proveniente de vínculo empregatício ou funcional concomitante à bolsa do CNPq, dedicando-se integralmente às atividades acadêmicas e de pesquisa. Os estágios obrigatórios, que fazem parte da grade curricular do curso de formação do estudante, poderão ser realizados pelos bolsistas, desde que com o aval do orientador;

- Ser selecionado e indicado pelo orientador;

- Apresentar no seminário anual sua produção científica sob a forma de pôsteres, comunicação oral, resumos e/ou painéis;

- Nas publicações e trabalhos apresentados fazer referência a sua condição de bolsista do CNPq;

- Estar recebendo apenas esta modalidade de bolsa, sendo vedada a acumulação desta com bolsas de outros Programas do CNPq ou com bolsas de outras instituições;

- Devolver ao CNPq, em valores atualizados, a(s) mensalidade(s) recebida(s) indevidamente, caso os requisitos e compromissos estabelecidos não sejam cumpridos.

registrado em: