Você está aqui: Página Inicial > Campus Santo Amaro > Notícias > Participe do I Festival de Leitura na Bahia, projeto organizado por estudantes e egressos do IFBA Campus Santo Amaro
conteúdo

Participe do I Festival de Leitura na Bahia, projeto organizado por estudantes e egressos do IFBA Campus Santo Amaro

publicado: 27/04/2021 03h07, última modificação: 27/04/2021 16h07
Colaboradores: Ticiano Lima

Começou ontem com muito sucesso o I Festival de Leitura na Bahia, projeto organizado por estudantes e egressos do campus Santo Amaro.

Após sete meses de trabalho nas condições adversas em que vivemos, desde a concepção e inscrição do projeto no Edital de Apoio a Feiras literárias na Bahia, da Secretaria de Cultura e da Fundação Pedro Calmon (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo do Governo Federa, até ontem, 26 de abril, quando se iniciou o evento on-line, foram longas horas de reuniões, discussões, construções coletivas e desafios a serem superados por uma equipe de 30 pessoas que reuniu docentes, técnicos, estudantes e egressos do IFBA - Santo Amaro que integram o Coletivo OXE fundado desde 2014 no campus.

Live PERCURSOS DA LEITURA NA BAHIA

Como decorrência do projeto foram propostas três resultantes. A partir de um trabalho de pesquisa realizada por uma equipe de estudantes coordenada por João Wanderley, foram identificados cerca de 100 projetos inscritos e estão disponibilizadas, preliminarmente, informações de 66 deles por intermédio do site https://percursosdaleituranabahia.com.br/ , onde consta o mapa da Bahia com indicação de as coordenadas destas ações em todos os territórios de identidade do estado. As demais ações serão alocadas no site ao longo do mês de maio, na medida em que os resumos dos inscritos forem encaminhados à equipe.

A segunda resultante foi a produção da websérie Percurso da Leitura na Bahia que compreende dez episódios, sendo 09 deles dedicados a discutir conceituações que comumente definem gêneros textuais literários e um que trata da produção de livros da Bahia, a de impressos artesanais e livros tradicionais. A série tem caráter artístico e documental e pretende difundir, por meio de canais do YouTube, discussões tangentes à literatura baiana entre os agentes da educação básica, tendo em vistas que estudantes desta modalidade são os maiores consumidores de vídeo sobre conteúdos relacionados à literatura uma vez que a disciplina ainda consta como conteúdo obrigatório do Ensino Médio. Todavia, há escassez de material sobre literatura baiana tanto dos manuais didáticos quanto nos meios alternativos de estudo, como vídeo-aulas, vídeos de divulgação científica e documentais. Para compor a Série, além de um equipe de cinegrafistas, pesquisadores e produtores, composta por Alessandro Venas, Emiliano Gonçalves, Gal Meirelles, Rodrigo Carvalho e Kelvin Giovanni, houve a colaboração de oito autoras e oito autores dos mais variados gêneros. A partir de amanhã, por intermédio do canal Oxe literatura baiana contemporânea através do endereço https://www.youtube.com/channel/UCz2fyxSLP3i0a8PENBQ0KGQ.

Card PERCURSOS DA LEITURA NA BAHIA

Por fim, foi proposto o I Festival de leitura na Bahia que começou ontem com muito sucesso: após 3:30h de exibição, o evento contou com cerca de um público de 300 pessoas, interessados em temas ligados à produção de livros e divulgação da leitura. Além da divulgação da pesquisa de mapeamento, o Festival, ao longo da semana, apresentará 12 iniciativas selecionadas que se destacaram em seus respectivos municípios de atuação e as quais serão premiadas em R$ 750, com direito à exibição de um vídeo de até 5 minutos e a realização de performances, bate-papos e contação de estórias para detalhar cada ação e atividade. Entre as selecionadas, Fada Dalia (Ilhéus), Cirandeiros do Sertão (Serrolândia), EternizArte (Feira de Santana), Sarau encantos da Serra (Serrinha), Coletivo das Artes Motirô (Teixeira de Freitas) e Educar - Espaço de Leitura Mediação e Formação de Leitor (Salvador).

A programação do evento ainda reúne oficinas de Design Editorial, Encadernação de Livro Artesanal, Práticas de Leitura na Contemporaneidade e História pra quem conta história, e conta três mesas de debates: Leitura para resistir e transformar, Multimeios da Recepção de Literatura, e Espaço para o leitor - um desafio a ser discutido. A conferência de abertura traz o tema Travessias do leitor no curso da história e, encerrando a programação, uma palestra sobre Leitura e Internet (Booktubers, blogueiros), seguida de performance de samba de roda, com Samba de São Braz.

Entre as participações confirmadas, a atriz, escritora e contadora e estórias, Ana Luísa Lacombe; o diretor e dramaturgo, Gil Vicente; a arte-educadora e roteirista do programa de rádio literário “De Hoje a Oito”, Andressa dos Prazeres; a escritora infantil Emília Nuñez; a educadora indígena e popular, Nádia Akawã Tupinambá; o jornalista e criador do podcast “This is Brazil”, Pedro Duarte; a escritora e zineira, Gabriela Fidelis; a pesquisadora e Mestra em Antropologia, Lara Rosa; o designer e Mestre em Educação e Contemporaneidade, Marcus Vinícius; a artista e publicitária Mari Buente; o livreiro Primo Maldonado, fundador da LDM; e Conceição Silva, coordenadora da rede de bibliotecas do SESC-BA.

Todas as atividades são gratuitas e estão sendo divulgada nas redes sociais do Projeto Oxe, para saber mais, vejam o Facebook @portaloxe e https://www.instagram.com/projetooxe/.

Tela PERCURSOS DA LEITURA NA BAHIA

Confira toda a programação nos cards abaixo:

registrado em: