Você está aqui: Página Inicial > Campus Salvador > Comunicação > Notícias > 2021 > Seis equipes do campus Salvador são finalistas da ONHB; provas em agosto
conteúdo

Seis equipes do campus Salvador são finalistas da ONHB; provas em agosto

publicado: 07/07/2021 12h29, última modificação: 08/07/2021 13h22

As seis equipes finalistas da 13ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), que totalizam 18 estudantes do campus Salvador do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), já se preparam para responder a última prova no próximo dia 16 de agosto. As equipes são orientadas pelas professoras do campus Vera Nathália Silva e Laís Viena.

Vera lembra que, com as atividades presenciais suspensas, os encontros aconteciam semanalmente por meio de um aplicativo de reuniões virtuais. “As fases da ONHB eram liberadas na segunda-feira com devolução no final de semana seguinte, então nos organizávamos para debater as questões na sexta, no máximo, todas as equipes juntas, discutindo as alternativas. Além disso, temos um grupo de Whatsapp no qual podíamos nos comunicar e trocar material de pesquisa. Acredito que esses momentos de debate ajudam muito a alcançar ótimos resultados já que são diferentes interpretações, às vezes conflitantes, às vezes complementares, sobre as questões”, esclarece.

Questionada sobre como se sente em testemunhar o resultado alcançado pelas equipes do campus Salvador, Vera afirma: “Muito feliz, recompensada e satisfeita de ver não só o sucessos dos(as) discentes como ver o IFBA ter a sua educação de excelência divulgada pelo país inteiro, já que se trata de uma olimpíada nacional.”

Ela lembra que em 2020 a equipe Grécia XXI, formada por Raíssa Anjos, Rebecca Cardoso e Iris Matos, do curso de química, ganhou medalha de ouro. “Esse ano, tenho duas equipes finalistas, a Apocalípticos, formada por Ana Clara, Beatriz Pitanga e Henrique Macedo, de Edificações, e a Grécia XXI novamente, com apenas uma mudança de integrante: saiu Raíssa e entrou Lucas Oliveira, de eletrotécnica. Independente de medalhas, ver que mais uma equipe está na final já é significativo pois demonstra o ótimo desempenho do grupo”. 

Orientada pela professora Laís, a equipe finalista Manuel Faustino é composta pelos estudantes Anna Catharina Sena, Vitor Nery de Carvalho e Marcos Thailan Rios de Jesus, alunos de mecânica.

Equipe_ONHB_2021Anna Catharina participa desde 2019, mas pessoalmente nunca tinha chegado à final. “Desde o meu fundamental, já gostava de história. Era uma matéria que estimulava a minha curiosidade e desenvolvia minhas habilidades de pesquisa. Considero a História do Brasil fantástica, principalmente quando fugimos daquele eixo mais "europeizado" de estudar as nossas origens sobre a narrativa portuguesa e conhecemos histórias incríveis de nativos e personalidades que são ocultadas, como a da Madalena Caramuru, primeira brasileira alfabetizada”. A discente destaca que seu assunto favorito nos estudos da História do Brasil é o período republicano, principalmente o período entre 1930 até 1990, “devido a diversidade de eventos e polêmicas que o território brasileiro foi palco.”

Sobre o nome da equipe, Anna Catharina esclarece que trata-se de homenagem a Manuel Faustino Lira, herói e mártir da Conjuração Baiana ou Revolta dos Alfaiates. “A figura de Manuel Faustino é de grande inspiração e orgulho para todo o povo da cidade de Salvador e do Estado da Bahia como um todo, nos fazendo lembrar que sonhar é sempre possível, e que lutar é vital”.

Ao todo são 415 grupos de 99 cidades de todos os estados do país que irão concorrer a medalhas de bronze, prata e ouro em uma cerimônia online. A região Nordeste é a que tem maior número de equipes na final. Juntos, eles somam 285 grupos. A Bahia terá 54 equipes . 

A ONHB é um projeto realizado pelo Departamento de História da Universidade Estadual de Campinas e tem apoio do Programa de Pós-Graduação em História da mesma universidade.

EQUIPES FINALISTAS

Ana Clara, Beatriz Pitanga e Henrique Macedo, de Edificações - Apocalípticos

 Rebecca Cardoso, Iris Matos e Lucas Oliveira - Grécia XXI   

Evellyn de Jesus Pereira, Isabela Britto Cartaxo e Maria Eduarda Martins Guimarães - Quiteropolitanas

Estela Cruz dos Santos Farias, Pamela Santos Nascimento Gallo e Samuel dos Santos Filgueiras - Sabinada Inocente!

João Victor Ramos de Menezes, Ellen Margarida Freitas Bispo, e Sophia Lima Sousa dos Santos - El Dourado

Anna Catharina Nascimento Sena, Marcos Thailan Rios de Jesus, e Vitor Nery de Carvalho - Manuel Faustino 

(*) as equipes contaram com a monitoria da estudante egressa do IFBA, medalhista de prata ano passado e graduanda em História pela UFBA, Maria Paula Mendes.