Você está aqui: Página Inicial > Campus Salvador > Comunicação > Notícias > 2019 > Curso de administração recebe pontuação máxima no Enade
conteúdo

Curso de administração recebe pontuação máxima no Enade

por Andréa Costa publicado: 07/10/2019 17h55, última modificação: 08/10/2019 16h15

O curso de graduação em administração do Instituto Federal da Bahia, campus Salvador, obteve o conceito 5, pontuação máxima, no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes – Enade, aplicado em 2018. O resultado foi divulgado na última sexta-feira, 4, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep.

Para o coordenado do curso, professor José Rubens, essa conquista “deriva de todo o empenho e capacidade, especialmente, de nossos aguerridos estudantes e docentes do curso e órgãos colegiados, do trabalho dos coordenadores anteriores e de todo o apoio das diretorias e corpo administrativo e terceirizado/estagiário do campus Salvador e comunidade do IFBA”.

“Somos todos muito gratos pelo empenho de cada pessoa que, direta ou indiretamente, contribuiu para esse resultado”, diz o diretor geral do campus, Albertino Nascimento. E a diretora de ensino, Catiane Rocha, também expressa sua satisfação: “Estamos muito felizes com o resultado! O nosso curso de administração é uma referência”!

O Enade visa avaliar o rendimento dos alunos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares. Aplicado pelo Inep, o exame integra o Sistema de Avaliação da Educação Superior – Sinaes. Seus resultados, aliados às respostas do Questionário do Estudante, são elementos que ajudam no cálculo dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior.

Administração – Criado em 1998, o curso de graduação em administração do campus Salvador é presencial, possui a duração mínima de quatro anos, regime semestral, aulas noturnas, e oferece 80 vagas anuais. Tem a finalidade de possibilitar formação profissional que revele competências e habilidades, como: reconhecer e definir problemas, equacionar soluções, pensar estrategicamente, introduzir modificações no processo produtivo, atuar preventivamente, transferir e generalizar conhecimentos e exercer, em diferentes graus de complexidade, o processo da tomada de decisão; desenvolver expressão e comunicação compatíveis com o exercício profissional, inclusive nos processos de negociação e nas comunicações interpessoais ou intergrupais; refletir e atuar criticamente sobre a esfera da produção, compreendendo sua posição e função na estrutura produtiva sob seu controle e gerenciamento; entre outras.