Você está aqui: Página Inicial > PROFNIT - IFBA > O Programa > Sobre o programa
conteúdo

O programa

 O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO (PPG)

 

O PROFNIT® é um Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação, stricto sensu, dedicado ao aprimoramento da formação profissional para atuar nas competências dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) e nos Ambientes Promotores de Inovação nos diversos setores acadêmico, empresarial, governamental, organizações sociais, etc.

É um programa presencial, gratuito e em rede nacional de Pontos Focais, com Sede Acadêmica no ponto focal UFAL, oferecido aos profissionais graduados que atuam em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia e Inovação Tecnológica dentro do âmbito das competências dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs), servidores e membros de equipes de Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs), bem como em outras instâncias afins do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (SNCTI).

O curso é uma contribuição social da Associação Brasileira de Gerentes de Inovação e Transferência de Tecnologia - FORTEC e das Instituições de Ensino Superior e demais instituições associadas.

Portaria de criação: PORTARIA Nº 559, DE 30 DE JUNHO DE 2016. Reconhece os cursos de pós-graduação stricto sensu recomendados pelo Conselho Técnico-Científico da Coordenação de

Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES.

O Mestrado Profissional é oferecido nacionalmente, compreendendo todas as regiões do Brasil e foi recomendado com nota 4 pelo Conselho Técnico-Científico da Educação Superior – CTC-ES da CAPES, em sua 159ª reunião , realizada nos dias 18 e 19 de junho de 2015.

 

PORTARIA DE CRIAÇÃO NO IFBA

No âmbito do IFBA, O PROFNIT foi aprovado em 07 de agosto de 2015 para funcionamento a partir de 2016, conforme Resolução 25, disponível em aqui.

 

 OBJETIVO DO CURSO 

Formação de recursos humanos em nível de mestrado profissional para atuar nas competências dos ambientes de inovação e nas obrigatórias por Lei dos Núcleos de Inovação tecnológica (NITs).


O PERFIL DO INGRESSANTE

Profissionais graduados dos NITs que atuam em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia e Inovação Tecnológica dentro do âmbito das competências dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs), e também servidores de Instituições de Ensino e Tecnologia. Profissionais liberais, trabalhadores em inovação na empresa e outros setores.

 

A REDE NACIONAL 

O PROFNIT é coordenado pelo Conselho Gestor (CG) e pela Comissão Acadêmica Nacional (CAN), que operam sob a égide do Diretório do FORTEC, tem um Ponto Focal Sede, e é executado pelas Comissões Acadêmicas Institucionais (CAIs) dos Pontos Focais.

O PROFNIT® opera por meio de uma Rede Nacional formada por Pontos Focais distribuídos em todo o território nacional, cobrindo todas as regiões do Brasil.

Os Pontos Focais são Instituições de Ensino Superior (IES) que matriculam os alunos, emitem diplomas e se responsabilizam por toda a disciplina acadêmica. Atualmente são 26 Pontos Focais.

Um dos pontos focais é escolhido como Sede. A Universidade Federal da Bahia (UFBA) foi a Sede inicial de 2014 a 2016. A Universidade Federal de Alagoas (UFAL) é a Sede desde 2016.

A Sede deve contribuir com a sua experiência de procedimentos e ações típicas, inserir o FORTEC nas rotinas usuais dos Programas de Pós-Graduação e nas ações de articulação e estímulo da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, além de prover a infraestrutura básica para a Secretaria da Sede Acadêmica do PROFNIT.

Maiores informações sobre quais instituições compõem a Rede estão disponíveis no site nacional.

 

ÁREA DE AVALIAÇÃO

O PROFNIT está na Área de Avaliação Administração, conforme indicação da CAPES.

Maiores informações sobre o PPG podem ser obtidas na Plataforma Sucupira, disponível em aqui.

 

PERFIL DO EGRESSO

O egresso do curso deverá ter os conhecimentos básicos para o diálogo academia-empresa, estando habilitado a interagir propositivamente com os setores governamental, empresarial e acadêmico.

Destacam-se:

  • Conhecer legislação e políticas públicas referentes à Propriedade Intelectual e à Transferência de Tecnologia e à Inovação Tecnológica;

  • Conhecer e propor políticas de estímulo à proteção das criações;

  • Avaliar a conveniência da proteção das criações e sua divulgação;

  • Processar pedidos e fazer a manutenção dos títulos de propriedade intelectual;

  • Atuar no licenciamento, inovação e outras formas de transferência de tecnologia;

  • Desenvolver estudos de prospecção tecnológica e de inteligência competitiva no campo da propriedade intelectual, de forma a orientar as ações de inovação das Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs);

  • Desenvolver estudos e estratégias para a transferência das inovações geradas pelas Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs);

  • Promover e acompanhar o relacionamento da Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) com empresas;

  • Negociar e gerir os acordos de transferência de tecnologias oriundas das Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs).

  • Atividades rotineiras de diálogo e de ações academia-empresa, interagindo propositivamente com os diversos setores.