Você está aqui: Página Inicial > Campus Porto Seguro > Cursos > Cursos > Superiores > Licenciaturas > Licenciatura em Química
conteúdo

Licenciatura em Química

por Kênia Teodoro publicado 12/08/2019 14h15, última modificação 08/05/2020 16h41

1.Contato

Nome do Coordenador: Messias Santos Passos
Endereço Lattes: http://lattes.cnpq.br/6432907755151247
Email da Coordenação: Horário de Atendimento da Coordenação

1. Apresentação

O Projeto do Curso Superior de Licenciatura em Química, ora apresentado, resulta do esforço e compromisso de uma equipe de especialistas em educação, professores dos Campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA). Os referidos profissionais empreenderam um longo processo de discussão e amadurecimento de idéias acerca da formação docente a ser realizada pelas licenciaturas do IFBA. A intenção é responder aos desafios que são colocados pela sociedade contemporânea, em relação à escolarização dos indivíduos, nos níveis fundamental, médio e profissional na área de Química.

2. Objetivo

Formar Licenciados em Química para atuar na educação básica, em todas as suas modalidades atendendo às necessidades e realidades peculiares a sua região de abrangência, bem como ao contexto do ensino no país.

A implantação do curso de licenciatura é motivada pela necessidade da consolidação de um curso com identidade própria, visando especificamente à formação de professores; pela carência de professores de Química para o Ensino Médio na região; pela falta de um espaço institucional para formação de professores no curso de Química; e pela necessidade de consolidação da área de pesquisa em Ensino de Química, com espaço acadêmico equivalente às demais quatro áreas tradicionais da Química.

3. Perfil do candidato

O candidato ao curso de Licenciatura em Química deverá ter (ou poderá desenvolver ao longo do curso) afinidade com as ciências exatas (Química, Física e Matemática), além de:

- Ter uma visão crítica com relação ao papel social da Ciência e à sua natureza epistemológica, compreendendo o processo histórico-social de sua construção.

- Saber trabalhar em equipe e ter uma boa compreensão das diversas etapas que compõem uma pesquisa educacional.

- Ter interesse no auto-aperfeiçoamento contínuo, curiosidade e capacidade para estudos extra-curriculares individuais ou em grupo, espírito investigativo, criatividade e iniciativa na busca de soluções para questões individuais e coletivas relacionadas com o ensino de Química, bem como para acompanhar as rápidas mudanças tecnológicas oferecidas pela interdisciplinaridade, como forma de garantir a qualidade do ensino de Química.

4. Área de atuação do profissional

- Atuar no magistério, ao nível da Educação Básica, em todos os níveis e modalidades, de acordo com a legislação específica, utilizando metodologia de ensino variada, contribuir para o desenvolvimento intelectual dos estudantes e para despertar o interesse científico em adolescentes; organizar e usar laboratórios de Química;

- Escrever e analisar criticamente livros didáticos e paradidáticos e indicar bibliografia para o ensino de Química; analisar e elaborar programas para esses níveis de ensino.

- Desempenhar outras atividades na sociedade, para cujo sucesso uma sólida formação universitária seja importante fator.

5. Perfil do concluinte

De acordo com o parecer do Conselho Nacional de Educação (CNE-CES 1.303/2001) o Licenciado em química deve ter formação generalista, mas sólida e abrangente em conteúdos dos diversos campos da Química. Preparação adequada à aplicação pedagógica do conhecimento e experiências de Química e de áreas afins na atuação profissional como educador na educação Básica, em todos os seus níveis e modalidades.

O licenciado deve estar habilitado na organização, execução e apresentação de planos de pesquisa científica, bem como na solução de problemas relacionados ao ensino de Química; ter consciência do uso da educação como forma de promoção social do educando, levando-o ao pleno exercício de sua cidadania e ser um professor-pesquisador.

O egresso do Curso Superior de Licenciatura em química deve possuir o seguinte perfil:

- Possuir conhecimento sólido e abrangente na área de atuação;

- Possuir capacidade crítica para analisar e assimilar os novos conhecimentos científicos e/ou educacionais;

- Ter habilidade que o capacitem para a preparação e desenvolvimento de recursos didáticos e instrucionais relativos à sua prática e avaliação da qualidade do material disponível no mercado;

- Atuar como pesquisador no ensino de química;

- Compreender os conceitos, leis e princípios da Química;

- Compreender e avaliar criticamente os aspectos sociais, tecnológicos, ambientais, políticos e éticos relacionados às aplicações da Química na sociedade;

- Ter atitude favorável à incorporação, na sua prática, dos resultados da pesquisa educacional em ensino de química, visando solucionar os problemas relacionados ao ensino/aprendizagem;

- Ter consciência da importância social da profissão como possibilidade de desenvolvimento social e coletivo;

- Contribuir para o desenvolvimento intelectual dos estudantes e para despertar o interesse científico em adolescentes;

- Escrever e analisar criticamente livros didáticos e paradidáticos e indicar  bibliografia para o ensino da Química;

- Exercer a sua profissão com espírito dinâmico e criativo, nas buscas de novas alternativas educacionais, enfrentando como desafios as dificuldades do magistério;

- Assumir conscientemente a tarefa educativa cumprindo o papel social de preparar os alunos para o exercício consciente da cidadania.

6. Documentos

Matriz curricular

Manual do Estágio Supervisionado

Manual e Regulamento  Geral de Atividades Acadêmicas Científicas e Culturais

Manual e Regulamento Geral de Trabalho de Conclusão de Curso

Plano de Ensino

Projeto Pedagógico

Normas Acadêmicas

registrado em: computação