Você está aqui: Página Inicial > Campus Paulo Afonso > Informes > Notícias > Noticias 2020 > IFBA Paulo Afonso registra patente de Invenção para uma Armadilha de Mosquitos
conteúdo

IFBA Paulo Afonso registra patente de Invenção para uma Armadilha de Mosquitos

A expectativa é utilizar a armadilha em residências e bairros a fim de controlar a incidência de doenças como Dengue, Zika e Chinkugunha
publicado: 10/07/2020 12h47, última modificação: 10/07/2020 12h47

Estudantes e professores do curso de engenharia elétrica do IFBA, campus Paulo Afonso, desenvolveram uma solução tecnológica inovadora e completaram o processo de Registro no INPI – (INSTITUTO NACIONAL DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL). O registro de uma patente de invenção é um reconhecimento de avanço tecnológico de relevância na área e é um sinal da relevância que o Instituto Federal realiza para a pesquisa e a inovação científica.

O produto oferece inovações e características que focam na aplicação de variadas técnicas eletrônicas para a captura dos mosquitos, de forma inédita, possibilita um consumo de energia sustentável uma estrutura física não poluente e biodegradável, que pode inclusive ser recolocada na terra por compostagem. O produto ainda permite um processo de construção simples, que deverá ser realizado através de Impressão 3D. 

A patente de invenção foi registrada e pode ser consultada como: PROCESSO E DISPOSITIVO ELETROELETRÔNICO DE CAPTURA DE MOSQUITOS POR ATRAÇÃO SONORO-LUMINOSA COM SISTEMA FOTOVOLTAICO E MATERIAL BIODEGRADÁVEL. A ideia se desenvolveu no LABINOV, Laboratório próprio do IFBA, campus do Paulo Afonso e partiu da necessidade de desenvolver um meio de combate efetivo aos mosquitos, que não utilize produtos químicos contaminantes. A expectativa é de que se usado em residências e bairros, o produto possa ser capaz de controlar a alta incidência de doenças como a Dengue, Zika e Chinkugunha.

A iniciativa foi inicialmente fomentada no IFBA, campus de  Paulo Afonso, no âmbito do Hotel de Projetos (HP) - que é um programa promovido pelo Departamento de Inovação (DINOV) junto à Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PRPGI), que tem como finalidade estimular o empreendedorismo tecnológico e científico.