Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Fórum de Coordenadores de Extensão reúne dirigentes de 18 campi do IFBA
conteúdo

Fórum de Coordenadores de Extensão reúne dirigentes de 18 campi do IFBA

Na terceira edição do evento promovido pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex), foram discutidos temas como a Política de Extensão, Política de Arte e Cultura, a Curricularização da Extensão e a importância da consolidação dos dados sobre a área.
por Bárbara Souza publicado: 21/04/2022 12h48, última modificação: 21/04/2022 13h01

Foi realizado na última terça-feira (19), de forma virtual, o Fórum de Coordenadores de Extensão, uma estratégia implementada desde 2020 pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) como um espaço que busca atender a uma demanda de diálogo, formação e construção coletiva. Na sua terceira edição, Fórum teve por objetivo a troca de informações e experiências acerca de temas relevantes da Extensão, com o propósito de “construirmos e consolidarmos, de forma democrática e colaborativa, a Extensão Tecnológica no IFBA”, explica a pró-reitora de Extensão, Nívea Cerqueira.

Estruturado em quatro grupos de trabalho (GT's) que abordaram temáticas estruturantes da Extensão -  Política de Extensão, Política de Arte e Cultura, a Curricularização da Extensão e importância da gestão para obtenção e consolidação dos dados da Extensão -, o evento contou com a adesão e a participação de 18 coordenadores de Extensão dos campi do IFBA, que expressaram “a importância de momentos formativos e de espaços de diálogo proporcionados pelo Fórum”, como relata Vigna Nunes Lima, professora do campus Camaçari e chefe do Departamento de Relações Comunitárias (DRC), vinculado à Proex. 

De periodicidade anual, o Fórum de Coordenadores de Extensão foi realizado em 2020 e 2021 paralelamente à  Jornada de Extensão, que ocorrerá no segundo semestre de 2022.

AVANÇOS: POLÍTICA DE EXTENSÃO, CURRICULARIZAÇÃO, INTELIGÊNCIA DE DADOS E POLÍTICA DE ARTE

Os Grupos de Trabalho tiveram como objetivo apresentar proposições relativas às temáticas específicas. O GT 1 recebeu proposições para a Minuta da Política de Extensão, que está em tramitação no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe). O GT 2, por sua vez, apresentou a Minuta da Instrução Normativa que versa sobre a Curricularização da Extensão, a fim de receber contribuições dos presentes. A Política de Arte e Cultura do IFBA, que está em apreciação pelo Conselho Superior (Consup), foi pauta de trabalho do GT 3, que se debruçou sobre as questões relativas à divulgação da Política, com o objetivo de mobilizar a parceria dos(as) coordenadores(as) de Extensão para sensibilização e divulgação da Política. A temática Inteligência de Dados foi tratada pelo GT 4, que teve por objetivo apresentar aos coordenadores(as) “as inconsistências e a importância dos registros extensionistas nos sistemas institucionais, como o SUAP e o Sistec”, para que os dados sejam consolidados com os dados da Plataforma Nilo Peçanha (PNP). Entre os encaminhamentos deste Grupo de Trabalho foram listadas a necessidade de otimizar o monitoramento dos projetos no SUAP, a oferta de capacitação para gestão da Extensão do SUAP, melhoria e desenvolvimento do SUAP para a Extensão, e o acompanhamento das ações extensionistas do PMI. 

O GT incumbido de discutir a questão da Curricularização da Extensão teve como objetivo compartilhar a proposta de Instrução Normativa (IN) que conclui o processo interno do IFBA de regulamentação da Curricularização, sanando dúvidas e trocando informações com os(as) coordenadores(as). “O GT foi presidido pelo professor André Silva, que hoje atua no DRC com a árdua tarefa de implementar a curricularização da Extensão, em parceria com a Proen [Pró-Reitoria de Ensino]”, explica Vigna Nunes, que chefia o Departamento de Relações Comunitárias (DRC). O tema curricularização também será pauta do Fórum de Pró-Reitores de Extensão (Forproext), que será realizado entre os próximos dias 26 e 29 de abril, na Reitoria, e reunirá dirigentes da área de diversas instituições que compõem a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, possibilitando o contato e troca de experiências com outras redes sobre  o processo de curricularização. 

 "O espaço do Fórum de Coordenações se fortalece a cada edição. Neste primeiro encontro de 2022, foi possível avançarmos na construção coletiva de soluções para os desafios da Extensão a curto prazo e planejamento futuro através de GT’s e análise de situações específicas.  Partimos do pressuposto que a gestão da Extensão do IFBA, composta pela Proex e pelas Coordenações de Extensão dos campi, tem se fortalecido juntamente com a implementação da concepção de extensão tecnológica no IFBA e desenvolvimento de várias estratégias de gestão da rede extensionista", afirma a pró-reitora Nívea Cerqueira.

Matérias relacionadas:

IFBA sediará Fóruns de Ensino, Pesquisa e Extensão da Rede Federal

Política e Plano Decenal de Arte e Cultura do IFBA serão apresentados em audiência pública no dia 17