Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2022 > Pela primeira vez, Departamento de Políticas e Gestão Estratégica, da Prodin, tem servidor nomeado para a chefia
conteúdo

Pela primeira vez, Departamento de Políticas e Gestão Estratégica, da Prodin, tem servidor nomeado para a chefia

Nelson Oliveira Santos foi nomeado para a função e afirma: a assessoria aos campi na definição de metas “que tragam melhorias nos seus indicadores” e a avaliação do atual PDI do IFBA são prioridade do Departamento.
por Bárbara Souza publicado: 22/06/2022 12h58, última modificação: 22/06/2022 14h32
Exibir carrossel de imagens Foto: Sidney Matos (Dgcom)
  • "> IMG_4988.JPG
  • "> IMG_5027.JPG
  • "> IMG_5001.JPG
  • "> IMG_4999.JPG

Foto: Sidney Matos (Dgcom)

O engenheiro civil e mestre em Estruturas e Materiais Nelson Oliveira Santos é o novo chefe do Departamento de Políticas e Gestão Estratégica, da Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional (Prodin). Ele foi nomeado pela  Portaria nº 1.643, de 10 de maio de 2022. A pró-reitora de Desenvolvimento Institucional Elis Lopes ressalta que, embora tenha previsão regimental, o DEPGE “nunca teve nomeação para chefia” antes.  

Fotos: Sidney Matos (Dgcom)

Nelson Santos salienta que, além de instituir uma chefia para o Departamento de Políticas e Gestão Estratégica, houve outra ação importante da Prodin. O Departamento de Planejamento, que pelo Regimento está vinculado à Pró-Reitoria de Planejamento e Administração (Proap), “passou a funcionar como Gerência de Planejamento, vinculada ao DEPGE, tendo como gerente a servidora Fernanda Sanches dos Santos”. Segundo ele, a mudança “é ainda um projeto piloto” e tem o objetivo de facilitar “o trabalho integrado entre as áreas do IFBA que capitaneiam ações de planejamento e relatórios de gestão”.   

Nelson Santos diz que “considerando a estrutura multicampi do IFBA e a dimensão do Instituto, com mais de 20 campi distribuídos pelo estado da Bahia, o principal desafio é assegurar o alinhamento entre o planejamento de nível estratégico, tático e operacional e realizar o acompanhamento das metas estabelecidas nestes planos”.

O recém-nomeado chefe do Departamento de Políticas e Gestão Estratégica afrima que o DEPGE tem como prioridade “a assessoria dos campi na definição de metas que tragam melhorias nos seus indicadores” e a avaliação do atual Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) do IFBA, com vigência de 2020 a 2024, “visto que até o momento este PDI não passou por avaliação”.  

PRIMEIRAS AÇÕES 

Entre as atribuições previstas no Regimento Geral do IFBA para o Departamento de Políticas e Gestão Estratégica estão “realizar pesquisas que subsidiem a elaboração de propostas de políticas e projetos institucionais” e “elaborar estudos e relatórios comparativos intra e interinstitucionais”. De acordo com o chefe do DEPGE, “a primeira ação do departamento foi o estudo dos resultados de alguns indicadores institucionais para ter um diagnóstico dos campi do IFBA”.  Ele explica que a pesquisa resultará em um projeto “para assessorar os campi na construção de planos de curta duração para melhoria de seus indicadores”.

Elis Lopes, pró-reitora de Desenvolvimento Institucional, e Nelson Santos (DEPGE)

Outra ação mencionada pelo gestor e que já está em andamento é o mapeamento de programas, políticas e projetos estratégicos. “Esta é uma ação capitaneada pela pró-reitora de Desenvolvimento Institucional, Elis Cabral, mas que conta com o suporte do Departamento”, diz Nelson. Segundo ele, a proposta é que ao final do mapeamento, seja construído um painel que viabilize o acompanhamento das ações desenvolvidas pelas unidades estratégicas do IFBA. “O mapeamento também permitirá que a Prodin se articule com as unidades com o intuito de potencializar e otimizar os resultados a serem alcançados”.      

RELATÓRIO SOBRE METAS ALCANÇADAS

Outra atribuição regimental do DEPGE é a elaboração “de relatórios, pareceres ou documentos congêneres que informem sobre a execução e acompanhamento do PDI com o objetivo de disseminar informações aos gestores e comunidade”. Nelson Santos diz que um objetivo do setor é emitir, até o fim deste ano de 2022, um relatório sobre o alcance das metas estabelecidas no PDI.  “Ademais, a proposta é que tais relatórios sejam emitidos com periodicidade anual”.  

O chefe do Departamento de Políticas e Gestão Estratégica sublinha a importância da divulgação das informações sobre a execução do Plano de Desenvolvimento Institucional para a comunidade e os gestores, ao enfatizar que o PDI é o planejamento estratégico do IFBA. No documento, ressalta, estão registradas a missão, a visão, os objetivos e as metas da Instituição a serem alcançados no período de 5 anos, além de conter informações sobre o perfil e o projeto pedagógico institucional, as políticas desenvolvidas, a oferta atual dos cursos, a forma como o Instituto se organiza administrativamente, bem como as características de infraestrutura e as perspectivas de expansões.

Considerando que o Plano concentra todas estas informações, pondera Nelson, “o PDI torna-se um documento de leitura obrigatória para toda comunidade do IFBA, em especial, para os gestores, responsáveis pela implementação das metas ali estabelecidas”. Ainda de acordo com a avaliação do chefe do DEPGE, a divulgação da execução do PDI é de grande importância, “não só pelo cumprimento do princípio da transparência, mas para que toda a comunidade do IFBA esteja na mesma página quanto ao cumprimento das metas do Instituto”.