Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2022 > Diálogos Correcionais: IFBA participa de evento da Controladoria-Geral da União
conteúdo

Diálogos Correcionais: IFBA participa de evento da Controladoria-Geral da União

Novas funcionalidades para o e-PAD, estratégias exitosas em instituições federais de ensino na promoção da celeridade da tramitação dos processos e redução de práticas de infrações estiveram entre os temas abordados no evento, realizado em Salvador.
por Bárbara Souza publicado: 13/06/2022 15h39, última modificação: 13/06/2022 15h39

Nos últimos dia 8 e 9 de junho, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) participou do evento Diálogos Correcionais, organizado pela Controladoria-Geral da União (CGU) e realizado em Salvador, na unidade do Ministério da Economia, no bairro do Comércio.

Representaram o IFBA a coordenadora da Correição, Ionara Peixoto, o assessor de Governança, Riscos e Controle do Gabinete da Reitoria, Luiz Alcântara, a assessora especial de Assuntos Jurídicos do Gabinete da Reitora, Thaís Lessa do Amaral, e a técnica administrativa em Educação do campus Valença, Cristina Borges, que é aluna do Curso Básico de PAD e Sindicância Investigativa promovido pela Reitoria do IFBA.

Luiz Alcântara (IFBA), Ionara Peixoto (IFBA), Gilberto Waller (Corregedor-Geral da União – CGU) e Cristina Borges (IFBA)

“A participação do IFBA no evento é imprescindível para a atualização da equipe de gestores sobre as novas medidas que propõem a inovação da atividade correcional, como a anunciada plataforma onde haverá a futura tramitação de processos disciplinares eletrônicos, o lançamento de novas funcionalidades para o e-PAD (plataforma de gestão correcional recente), bem como a troca de experiências com integrantes de outras unidades correcionais, que possibilita a identificação de estratégias que deram certo (especialmente em outras instituições federais de ensino) na promoção da celeridade da tramitação dos processos e na diminuição das práticas de infrações”, afirma o assessor de Governança, Riscos e Controle do Gabinete da Reitoria, Luiz Alcântara.

O evento abordou discussões técnicas de temas atuais de matéria correcional (disciplinar) e teve como público-alvo servidores(as) públicos(as) que trabalham nas unidades correcionais ou que atuem em procedimentos dessa natureza.

Entre os principais temas abordados, que envolvem a atividade correcional e de integridade pública no IFBA e nos institutos federais, está a resolução consensual de conflitos no âmbito da atividade correcional, “que tem sido reforçada pela Correição e pela Reitoria, inclusive com foco na celebração de Termos de Ajustamento de Conduta (TACs)”, explica Luiz Alcântara.

Segundo ele, outro tema importante tratado durante o evento organizado pela CGU foi a atuação da corregedoria como instância da integridade pública, o que diz respeito à gestão de riscos identificados a partir da atividade correcional, “que no IFBA se inicia através dos relatórios da Correição indicando as principais causas de infração funcional de servidores(as) e as formas de sua ocorrência, contribuindo para a criação de medidas preventivas e outras ações”.