Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > Servidores e estudantes têm até dia 26 para manifestar interesse em integrar Comissão Permanente de Processo Eleitoral
conteúdo

Servidores e estudantes têm até dia 26 para manifestar interesse em integrar Comissão Permanente de Processo Eleitoral

Após manifestação dos interessados será realizado pleito através do SUAP para que as categorias – docentes, TAEs e discentes - escolham seus representantes para a Comissão
por Bárbara Souza publicado: 19/03/2021 16h24, última modificação: 19/03/2021 16h24

Estudantes, servidoras e servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) interessados(as) em compor a Comissão Permanente de Processo Eleitoral devem apresentar manifestação de interesse através de e-mail para o endereço gabinete@ifba.edu.br até o próximo dia 26 de março de 2021. Na manifestação devem constar nome completo, matrícula SIAPE, cargo e lotação.

Após manifestação dos interessados será realizado pleito através do SUAP para que as categorias escolham seus/suas representantes para a Comissão. A Comissão será composta por: seis membros titulares eleitos(as), sendo dois de cada segmento (docente, TAE e discente), três suplentes (um de cada segmento) e um representante titular da Gestão. O mandato dos(as) integrantes eleitos(as) é de dois anos.

O tempo destinado por servidores(as) aos trabalhos da referida comissão será mensurado para contabilização de carga horária, no caso de docentes, conforme Resolução nº 17, de 20 de dezembro 2019, e para os(as) técnicos(as)-administrativos essa contabilização se dá através da dedução carga-horária total do quantitativo de horas dedicadas à Comissão sob a carga-horária total do(a) servidor(a).

De acordo com informações do Gabinete da Reitoria, a realização do pleito é uma ação de “grande importância”, considerando a necessidade de viabilizar e instituir uma estrutura permanente para condução dos processos eleitorais dos órgãos colegiados, órgãos de assessoramento, comissões permanentes e demais representações eletivas que vierem a ser criadas no âmbito do IFBA.

A reitora do IFBA, Luzia Mota, sublinha a importância da participação da comunidade na escolha e na composição da Comissão Permanente de Processo Eleitoral. “O processo democrático se alicerça e fortalece com a participação de todas e todos”, afirma.