Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > Professora do IFBA Seabra representa a Bahia no STEAM TechCamp Brasil 2021
conteúdo

Professora do IFBA Seabra representa a Bahia no STEAM TechCamp Brasil 2021

O programa é uma iniciativa da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e tem como objetivo a estruturação de uma rede de multiplicadores que envolve professores(as) líderes de ações escolares em Ciências, Tecnologia, Engenharias, Artes e Matemática (STEAM). No total, 60 docentes e gestores(as) de todos os estados brasileiros participam desta edição do evento.
publicado: 01/02/2021 19h06, última modificação: 01/02/2021 19h06

Entre os próximos dias 8 e 12 de fevereiro, a professora Rafaelle da Silva Souza, da área de Física do campus Seabra do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), participa da quarta edição do STEAM TechCamp Brasil 2021. O programa é uma iniciativa da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil em parceria com o Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC) e apoio da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP).

O programa tem como objetivo estruturar uma rede de multiplicadores formada por gestores das Secretarias Estaduais de Educação e professores líderes de ações escolares em Ciências, Tecnologia, Engenharias, Artes e Matemática (STEAM), com potencial e liderança para articular e aprimorar ações existentes e elaborar e implantar novas ações voltadas à aprendizagem ativa de Steam nas redes públicas de educação básica do Brasil. No total, 60 professores e gestores de secretarias de educação de todos os estados brasileiros participam do evento.

A professora Rafaelle, juntamente com os outros participantes escolhidos, participará do encontro na modalidade virtual, pela Plataforma Zoom e contará com atividades de sensibilização e formação para o desenvolvimento de planejamento estratégico para fomentar a aprendizagem ativa de Steam (incluindo o estímulo à cultura de aprendizagem criativa – Maker, abordagens investigativas e interdisciplinares, iniciação à pesquisa científica e tecnológica e empreendedorismo) nas escolas públicas.

Estão planejadas atividades com a equipe do TechCamp de Washington (EUA), palestras com líderes educacionais e de empreendedorismo, discussões em grupo, construções coletivas e dinâmicas utilizando técnicas de design thinking, elaboração da primeira versão de suas respectivas propostas de planejamentos estratégicos, para implementação em suas comunidades escolares. Além disso, os participantes terão acesso à plataforma de comunicação da Rede Steam TechCamp Brasil para troca de experiências entre os participantes e suporte à distância de especialistas e profissionais que participaram das edições de 2018-2020 do programa.

Todos os participantes receberam no endereço informado no Formulário de Confirmação uma caixa contendo materiais didáticos e tecnológico (kits de eletrônica) necessários para as atividades e já participaram da atividade de integração realizada virtualmente no último dia 26 de janeiro.

registrado em: ,