Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > IFBA e Uneb realizam I Congresso Internacional de Tecnologia e Gestão de Conhecimento do Território de Irecê
conteúdo

IFBA e Uneb realizam I Congresso Internacional de Tecnologia e Gestão de Conhecimento do Território de Irecê

Promovido pelos campi Irecê do IFBA e da Uneb, o evento contará com a participação da da reitora do IFBA, Luzia Mota, o reitor da Uneb, José Bites de Carvalho.
publicado: 28/05/2021 11h13, última modificação: 28/05/2021 11h13

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) Campus Irecê, em parceria com o campus da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) no município, realizam, entre os dias 31 de maio a 2 de junho de 2021, o I Congresso Internacional de Tecnologia e Gestão de Conhecimento do Território de Irecê.  O evento, que contará com a presença de autoridades locais e palestrantes internacionais, deve ocorrer anualmente, e tem o objetivo de promover e incentivar a troca de experiências entre pesquisadores e profissionais da indústria e academia sobre as mais recentes pesquisas, tendências e inovações práticas e teóricas na área de Tecnologias e Gestão do Conhecimento.

Por conta da pandemia da covid-19, o Congresso será online, transmitido através do Canal "CITGC IFBAUNEB" no Youtube. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas até a próxima segunda-feira, 31 de maio, por meio do site www.citgc.org. As inscrições são gratuitas tanto para o evento como para os 8 minicursos ofertados, com número limitado de vagas.

Esta edição, em especial, busca debater com especialistas, pesquisadores, empresas e profissionais da região de Irecê, do Brasil e do mundo, a criação do primeiro Mestrado Profissional do Território Ireceense. Segundo o coordenador do congresso e professor do IFBA Campus Irecê, Leandro Souza, o evento é parte importante na busca pela implantação de cursos de pós-graduação, como o mestrado, na região de Irecê. E surge da necessidade que os profissionais da região têm de se aperfeiçoar sem ter que “se dirigirem à capital ou cidades metropolitana para fazer um curso de mestrado ou doutorado”.

Leandro destaca que “um projeto de mestrado leva tempo até a sua implantação, e que a necessidade de fomento à pesquisa e a formação acadêmica na região se faz urgente”. Daí “surge a proposta deste Congresso, como o primeiro evento acadêmico realizado por ambas as instituições de formação acadêmica. Além de uma oportunidade de termos pesquisadores e profissionais do Brasil e do mundo com os olhos voltados para o nosso Território. Esta primeira edição será uma oportunidade de divulgarmos e discutirmos a proposta do mestrado com a comunidade local, identificando as demandas e anseios da população”, ressalta.  

Participarão do congresso autoridades envolvidas no estabelecimento do mestrado no território, a exemplo da  reitora do IFBA, Luzia Mota, o reitor da Uneb, José Bites de Carvalho, a secretária de Ciência e Tecnologia do Estado da Bahia (SECTI), Adélia Maria Carvalho, o prefeito de Irecê, Elmo Vaz; o diretor-geral do Campus Irecê do IFBA, Jeime Nunes de Andrade, o  diretor-geral do campus da Uneb em Irecê, Cláudio Meira, a coordenadora do Colegiado do Curso de Bacharelado em Administração da Uneb/Irecê, Ana Karine Loula, entre outras. 

INTERIORIZAÇÃO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO

Jeime reconhece o quanto esse evento é importante para o “fortalecimento da parceria entre o IFBA Irecê e a Uneb Irecê”, bem como no processo de discussão “da importância da interiorização dos programas de pós-graduação stricto sensu”, mestrado e doutorado. “Temos na Bahia esses programas de mestrado e doutorado mais concentrados na capital e região metropolitana, ficando os interiores muito desassistidos, dificultando a formação e continuidade dos estudos dos profissionais do território, pois têm que se deslocar para outras cidades”, pontua.

O gestor também destaca que esse é o momento de apresentar para a sociedade uma proposta que vem sendo trabalhada pelas instituições, e isso será feito “através do Congresso, que além de apresentar o mestrado para a comunidade, vai discutir a tecnologia, ciência, pesquisa e inovação no território”. “O Congresso está muito rico, em termos de participação e representatividade, nas discussões que vão acontecer nas mesas de debates, nos trabalho e artigos apresentados” destaca. Jeime ainda avalia que a vinda do mestrado “vai favorecer todo o território de identidade de Irecê e outros territórios vizinhos”.  

Entre os palestrantes, nomes como Michel Jean Marie Thiollent, Unigranrio, Rio de Janeiro, Brasil, Hadi Saba Ayon, UMR 6266 CNRS IDÉES, Universidade de Le Havre Normandie, França,Nia Sarinastiti, professora associada da Escola de Comunicação Atma Jaya Universidade Católica, Dorien Kartikawangi , chefe da Escola de Comunicação, Universidade Católica Atma Jaya da Indonésia e Rowena Capulong Reyes, reitora do Instituto universitário de Artes e Ciências da Extremo Oriente, Filipinas, entre outros.

 * Com informações das Assessorias de Comunicação IFBA/UNEB.