Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > IFBA cria equipamento que esteriliza objetos e elimina vírus da covid-19
conteúdo

Notícias

IFBA cria equipamento que esteriliza objetos e elimina vírus da covid-19

A torre de esterilização tem eficácia superior a 99,9% na eliminação do vírus da covid-19 e de outros vírus do tipo Influenza (como H1N1), além de ser eficaz no combate a bactérias e fungos.
por Janaina Marinho publicado: 07/07/2021 19h09, última modificação: 07/07/2021 19h09

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) está finalizando o protótipo da torre de esterilização UV compartimentalizada, que permite a higienização de objetos em larga escala eliminando o vírus da covid-19.

A torre, que traz módulos individuais de esterilização facilmente acoplados entre si, amplia significativamente a capacidade de higienização de objetos. “Cada compartimento/módulo vai garantir o comprimento de onda, tempo de exposição e distância de aplicação adequados para a esterilização desejada, além de eliminar todos os pontos de sombreamento, garantindo uma esterilização integral do objeto higienizado. O equipamento já foi submetido a ensaios que comprovaram uma eficácia de 99,99% com uma atuação de somente 15 segundos na eliminação do vírus da covid-19, mas também é eficiente na eliminação de outros vírus do tipo Influenza (como H1N1), bactérias, fungos etc, ou seja, as principais formas de transmissão de doenças através de objetos”, explica o professor Antonio Gabriel Souza Almeida, coordenador do projeto.

A torre de esterilização será capaz de esterilizar qualquer objeto com dimensões de até 30 x 30 x 25 cm. Isso significa um uso que abarca objetos de utilização pessoal, equipamentos de proteção individual e demais objetos de manuseio utilizados em áreas de manipulação em ambiente controlado, como laboratórios.

A ideia é disponibilizar em ambientes de uso público, sob monitoramento, como hospitais, bancos, lanchonetes, restaurantes, ou até mesmo em locais que tenham algum tipo de segurança, como estações de metrô e aeroportos. Mas o objeto também poderá ser utilizado nas casas.

Ainda não foi avaliada nem foram feitos ensaios com alimentos, pois seria necessário avaliar o impacto da radiação UVC.

“Este equipamento pode significar uma garantia de esterilização rápida e segura de objetos, reduzindo significativamente o risco de contaminações pelos mais diferentes tipos de micro-organismos. Na atualidade, a covid-19 é a principal ameaça, mas este equipamento é eficaz contra diversos tipos de fontes de contaminação, o que pode significar uma proteção permanente e segura sempre que for utilizado, na prevenção a disseminação de doenças contagiosas”, pontua Antonio Almeida.

No momento, o IFBA está concluindo a montagem do protótipo final, que será encaminhado para a empresa para que sejam providenciados os ajustes finais para fabricação e comercialização. A previsão de comercialização é no segundo semestre de 2022.

O projeto foi desenvolvido pelo professor Antonio Almeida, que coordenou a pesquisa, com os alunos Rodrigo Moreni e Tamires Alves, do mestrado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas e Produtos (PPGESP) do IFBA, e do estudante de graduação em Engenharia Elétrica, Rafael Requião.


Polo de Inovação do IFBA

O projeto, iniciado em agosto de 2020, é resultado de uma parceria com a empresa Print Dreams 3D, que, em conjunto com a empresa Podoshop, fez em contato com o Polo de Inovação do IFBA, para desenvolvimento do equipamento.

O Polo de Inovação Salvador do IFBA é uma das nove unidades especiais da Rede Federal de Educação Tecnológica com a finalidade de atender às demandas das cadeias produtivas em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), Formação profissional e prestação de Serviços Tecnológicos para os setores de base tecnológica.

Trabalha em parcerias para o desenvolvimento de novos equipamentos, dispositivos e software de uso em saúde, serviços de ensaios, calibração e consultoria, além da realização de prototipagem mecânica e eletrônica. É credenciado pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), na área de equipamentos médicos, seus dispositivos e acessórios, desenvolvendo inovações para a indústria de base mecânica, eletrônica e de materiais do Complexo Industrial de Saúde.

 

Embrapii

A Embrapii é uma Organização Social com Contrato de Gestão com os Ministérios de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Educação (MEC) e Saúde (MS). A instituição investe em projetos de inovação do setor industrial e promove o encontro entre as empresas e centros de pesquisas credenciados e com competência técnica para desenvolvê-los. Somente no enfrentamento a Covid-19, são mais de 60 projetos apoiados pela instituição totalizando mais de R $40 milhões.