Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2020 > Reitora do IFBA participa do Congresso Virtual da Ufba
conteúdo

Reitora do IFBA participa do Congresso Virtual da Ufba

É a primeira vez na história que a Universidade Federal da Bahia realiza um Congresso Virtual. O evento, que segue até o dia 29 de maio, já superou a marca de 25 mil inscritos.
por Bárbara Souza publicado: 21/05/2020 10h04, última modificação: 21/05/2020 12h07

A reitora do IFBA, Luzia Mota, participa nesta sexta-feira (22), às 10h30, do debate sobre “A contradição capital-trabalho em tempos de acirramento da crise capitalista”, que integra a programação do Congresso Virtual UFBA 2020 (www.congresso2020.ufba.br). A mesa será realizada na Sala E. O evento, que segue até o próximo dia 29,  já conta com mais de 25 mil inscritos.  

“A contradição entre capital e trabalho está na essência do sistema capitalista, que coloca  trabalhadores assalariados e donos do capital em perspectivas diferentes. Em meio a uma crise de saúde pública que atinge em cheio a economia, essa contradição ganha contornos mais evidentes e socialmente perversos”, afirma a reitora do IFBA, Luzia Mota.

Ela pondera que “todos” têm prejuízos na crise capitalista, mas considera “evidente” que as perdas de quem trabalha são mais “devastadoras”, em decorrência do desemprego e da escassez ou inexistência de meios para assegurar uma renda mínima para sobreviver à crise financeira e, na situação atual, enfrentar uma pandemia. “Quem detém o capital detém também alguma reserva financeira, bens materiais e acesso a crédito, diferentemente do trabalhador desempregado, aquele que teve seu salário reduzido ou o pequeno empresário que perdeu receitas e continua tendo custos”, compara 

Além de Luzia Mota, também irão compor a mesa a professora Faculdade de Educação da Ufba, Sandra Marinho, e o professor indígena Sandro Tuxá, presidente da Associação dos Professores Indígenas do Norte e Oeste da Bahia (Apinoba). 

O CONGRESSO - Aberto oficialmente na última segunda-feira (18), pelo reitor da Universidade Federal a Bahia, João Carlos Salles, o mega-evento envolve a realização de mais de 600 propostas de mesas intervenções artísticas. Entre os convidados confirmados estão Nísia Trindade, presidente da Fundação Oswaldo Cruz, Marilda Gonçalves, que preside a Fiocruz-Bahia, o escritor Mia Couto, o jornalista Bob Fernandes, o ator e escritor Gergório Duvivier, os sociólogos Jessé Souza e Lilia Shcwarcz, além dos filósofos  Judith Butler e Vladimir Safatle.

Devido à suspensão das atividades por conta da pandemia do novo coronavírus, essa é a primeira vez na história que a Ufba realiza um Congresso Virtual. O evento, entretanto, não substitui a edição 2020 do Congresso presencial, cuja realização está prevista para novembro deste ano.

Como assistir às atividades do Congresso Virtual UFBA 2020?

1. Acesse o site www.congresso2020.ufba.br

2. Na tela inicial do site, onfira a programação e clique na(s) atividade(s) que deseja assistir ao vivo, através do Youtube ou do Facebook.

3. Você pode também escolher assistir às atividades dos dias anteriores, que passam a estar disponíveis no Youtube. Basta clicar e assistir.

4. O Congresso tem também uma ampla programação de atividades gravadas, entre conferências, debates e intervenções artísticas. Escolha e assista!

5. Também estarão disponíveis centenas de videoposteres de 5 minutos gravados pelos estudantes da UFBA, apresentando suas pesquisas. Encontre o(s) vídeo(s) através da busca por palavras-chave e clique para assistir.

Ajude a divulgar as atividades do Congresso nas redes sociais, utilizando as hashtags #Congressovirtualufba2020 e #UFBA. Também são bem-vindas hashtags com palavras-chave que remetam ao título e temática do evento.