Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2020 > Projeto do IFBA Campus Juazeiro doa mais de 300 litros de álcool em gel para instituições públicas da região
conteúdo

Projeto do IFBA Campus Juazeiro doa mais de 300 litros de álcool em gel para instituições públicas da região

Desenvolvido em parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), o projeto prevê a produção e doação de álcool em gel para outras instituições, além das que já beneficiadas na primeira etapa, como a Secretaria de Saúde de Juazeiro e o Hospital Universitário da Univasf, referência no tratamento da covid-19 na região.
por Bárbara Souza publicado: 06/10/2020 10h39, última modificação: 06/10/2020 11h20

Na última quarta-feira (30), Secretaria de Saúde de Juazeiro, o Hospital Universitário da Univasf e o IFBA receberam, juntos, a doação de mais de 300 litros de álcool em gel 70° INPM produzidos e distribuídos pelo Projeto “Contribuição do IFBA na produção de sanitizantes para atuação no combate à Covid-19 na região do Vale do São Francisco”, desenvolvido em parceria pelo campus Juazeiro do IFBA e a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

“Nesse primeiro lote, fizemos uma produção de 300 litros e distribuímos para a Secretaria de Saúde de Juazeiro [mais de 100 litros], para o Hospital Universitário da Univasf [114,5 litros] e também para uso do IFBA [116 litros]. No segundo momento, esperamos produzir também mais 300 litros de álcool, e queremos doar também para a Secretaria de Saúde de Petrolina”, explica o professor Fernando Paixão, diretor do campus Juazeiro e coordenador do projeto, ao destacar que o Hospital Universitário da Univasf é referência no tratamento da covid-19 na região. As doações foram entregues pelos professores Severino Gomes e Fernando Paixão, ambos do campus Juazeiro.

 

Fernando relata que o projeto começou com as atividades de enfrentamento ao novo coronavírus quando foi lançado pelo IFBA o Edital nº 11/2020, de 24 de junho de 2020, de apoio financeiro a projetos de pesquisa e extensão para prevenção e enfrentamento da covid-19.

“Fizemos uma parceria com a Univasf para podermos adquirir os insumos e a produção ser feita pela Univasf, no laboratório de farmácia, e distribuir álcool em gel e álcool glicerinado para instituições públicas da região. Nós temos laboratórios, mas não teríamos condição de produzir essa quantidade de álcool.”, conta.

VÍRUS ELIMINADO EM 30 SEGUNDOS

A pesquisadora e professora de química Maria Lair Sabóia, do campus Juazeiro, lembra que desde o início da pandemia são recorrentes as notícias sobre a falta de insumos básicos, “que tem ocorrido devido à elevada demanda urgente de materiais”, para uso dos profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate à covid-19.  Devido à escassez de tais insumos, “muitos destes profissionais têm estado ainda mais vulneráveis”.

A docente também destaca que o IFBA, como instituição pública que atende a comunidade – no ensino, mas também na pesquisa e extensão -, tem o papel de ajudar naquilo que estiver ao seu alcance. “Por esse motivo, no unimos à Univasf, para contribuirmos na produção de álcool que está sendo destinado especialmente as instituições públicas da região do Vale do São Francisco”, explica, ao ressaltar que o álcool em gel é um produto cotidiano e de uso prático para as pessoas, e que tem sua eficiência em cerca de 30 segundos de “correta higienização das mãos”. Ou seja, o álcool mata o coronavírus em meio minuto, desde que seja usado corretamente e na quantidade suficiente para que a pessoa possa ficar entre 20 e 30 segundos esfregando as mãos no procedimento já popularizado durante a pandemia. “Mas não é qualquer álcool. É o álcool a 70° INPM, que é o recomendado pela Anvisa e pelos órgãos competentes”, alerta a pesquisadora.   

 

“Esse projeto tem uma dimensão muito importante porque estamos contribuindo com essas entidades que fazem o enfrentamento direto da covid-19 da forma que a gente pode contribuir. A gente está doando os insumos para quem pode produzir e a gente faz também a entrega para que a sociedade, as pessoas quando procuram as unidades da Secretaria de Saúde, possam ser beneficiadas, tanto quanto os trabalhadores e trabalhadoras da saúde”, declara o coordenador do projeto, Fernando Paixão, ao destacar que, para o IFBA, o álcool em gel também representa uma contribuição para as medidas de proteção à saúde da comunidade acadêmica. “Acrescento ainda que temos um curso de Segurança do Trabalho, que está na área da Saúde, e fazer essas parcerias com outras instituições públicas é também convergente com o papel social que o IFBA tem como instituição”, conclui.

CARTILHA

Formada por docentes e estudantes do IFBA e da Univasf, a equipe do projeto também produziu uma cartilha informativa, em formato digital, sobre a doença causada pelo novo coronavírus.  Ilustrada e com linguagem simples, a publicação reúne informações sobre sintomas, cuidados, produtos de limpeza e higienização recomendados pela Anvisa, mitos e verdades acerca da covid-19.

O texto da cartilha foi produzido por estudantes do campus Juazeiro que são bolsistas do projeto: Luís Carlos Santos, Valkiria Cabral Lima e Clóvis Damião dos Santos. A diagramação foi feita por Janaína Teixeira Amorim, também aluna do Instituto e as professoras Joyce da Cunha Gonsalves (Univasf) e Maria Lair Sabóia (IFBA-Juazeiro) foram responsáveis pela revisão de texto.