Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2020 > IFBA lança pesquisas sobre trabalho remoto e realização das atividades de ensino não presenciais emergenciais
conteúdo

IFBA lança pesquisas sobre trabalho remoto e realização das atividades de ensino não presenciais emergenciais

Lançadas nesta quinta-feira (26), as consultas tratam dois assuntos específicos: uma pesquisa tem como tema as atividades de ensino não presenciais e outra aborda aspectos relacionados à realização de trabalho remoto.
por Bárbara Souza publicado: 26/11/2020 15h58, última modificação: 26/11/2020 15h58

O Gabinete da Reitoria do IFBA lançou nesta quinta-feira (26) a pesquisa Avaliação do Trabalho Remoto no IFBA durante o Contexto da Pandemia - Técnico(a) Administrativo(a) em Educação. A consulta tem o objetivo de identificar como os(as) técnicos(as) administrativos(as) avaliam as condições do desenvolvimento remoto de suas atividades de trabalho.

As informações fornecidas pelo segmento permitirão conhecer e compreender as especificidades e dificuldades enfrentadas. Essa compreensão vai balizar ações efetivas da Gestão do IFBA para a melhoria de tais condições, bem como a realização de possíveis adequações que facilitem a realização das atividades de trabalho dos(as) servidores(as).

A pesquisa estará disponível de 26 de novembro a 6 de dezembro, através do link: Avaliação do Trabalho Remoto no IFBA Durante o Contexto da Pandemia - Técnico(a) Administrativo(a) em Educação (forms.gle)

AVALIAÇÃO SOBRE AS AENPE

 A Pró-Reitoria de Ensino (Proen) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) lançou a Pesquisa Institucional sobre as Atividades de Ensino Não Presenciais Emergenciais (Aenpe), que foram normatizadas por meio da Resolução CONSUP/IFBA nº 19, de 24 de agosto de 2020.  Aprovadas para o período de suspensão das atividades presenciais no âmbito do IFBA enquanto durar a situação de pandemia da Covid-19, as Aenpe estão em execução em todos os campi do IFBA, na forma de atividades curriculares e extracurriculares.

De acordo com o pró-reitor de Ensino, Philipe Carvalho, o objetivo da Pesquisa Institucional é “escutar a comunidade” sobre a experiência das atividades de ensino não presenciais  sobre as condições de acesso, permanência e êxito, tendo em vista a circunstância de mediação tecnológica associada às condições socioeconômica, emocionais e psicossociais de estudantes, docentes, técnicas e técnicos administrativos em educação (TAE) “das equipes multiprofissionais” em cada território em que o IFBA está presente.

A opinião e a avaliação dos três segmentos – estudantes, TAEs da equipe multiprofissional e professores – serão coletadas por meio de formulários eletrônicos específicos, disponíveis no SUAP e listados abaixo, entre esta quinta-feira (26) e até o próximo dia 6 de dezembro, domingo.

“Essa metodologia de escuta mantém e consolida o processo democrático e participativo de construção e de implementação das Aenpe, agora na avaliação dessa experiência”, afirma Philipe. Na sua perspectiva, além de ser uma etapa “fundamental” de qualquer processo pedagógico, a avaliação possibilitará “a construção de proposições adequadas aos anseios da comunidade para o período letivo a ser implementado no ano de 2021, ou até que possamos gozar de condições sanitárias seguras para toda a comunidade”.

A seguir, os links para os formulários específicos de cada categoria:

Docentes - https://forms.gle/oiP8XKwFZoguNgQ37

TAE - Equipe Multiprofissional - https://forms.gle/aREzFQRDpSSsA46m7

Estudantes - https://forms.gle/YSLxZstrJYdV5KVA7