Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2020 > Audiência discute interrupção dos serviços da Unimed NNE
conteúdo

Audiência discute interrupção dos serviços da Unimed NNE

publicado: 05/03/2020 14h41, última modificação: 01/04/2020 17h48

Aconteceu, nesta terça-feira (3), uma audiência pública, com transmissão via web conferência, para abordar questões referentes à operadora UNIMED NNE, que recentemente suspendeu o atendimento de sua rede credenciada sem aviso prévio, deixando os beneficiários desassistidos.

A reunião contou com a presença da reitora Luzia Mota e do pró-reitor de administração Fábio Lemos, dentre outros nomes importantes da logística da instituição.
Reitora Luzia Mota e pró-reitor de administração Fábio Lemos conduziram as reuniões

A fim de minimizar os danos causados pela interrupção do serviço, nessa audiência os servidores foram instruídos a migrar para outras operadoras de saúde (conveniadas e contratadas pelo IFBA ou de livre escolha e deliberação do usuário) até o dia 12 de março, tendo em vista o fechamento da folha de pagamento e a necessidade de operacionalização administrativa destas migrações até o prazo de 30 de março. 

Desde o dia 6 de janeiro, o Departamento de Qualidade de Vida (Dequav) registrou diversas reclamações referentes a suspensões de atendimento e descredenciamentos em diversos hospitais e clínicas de Salvador e outras cidades no interior do Estado. Diversas notificações foram enviadas à UNIMED NNE, sem obtenção de resposta. O IFBA está adotando as medidas legais cabíveis contra a empresa e os servidores podem acompanhar os desdobramentos por meio do Processo SEI nº 23278.016227/2019-31.

Para realizar a migração, é necessário:

Carta de Permanência;

Carta de Portabilidade;

- Declaração de Adimplência (indicação de pagamento das três últimas mensalidades). Este documento deverá ser solicitado a Coordenação de Assistência à Saúde (Coas), da Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP), por meio dos e-mails: coas.ifba@gmail.com.br ou coas@ifba.edu.br.

 

É possível migrar de plano de saúde sem carência seguindo as recomendações disponibilizadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar.

Para mais informações, esclarecimento de possíveis dúvidas ou orientações de migração, o servidor poderá entrar em contato com o Coas pelo número (71) 3221-0316.

 

Por Isadora Melo – estagiária sob supervisão da jornalista Iali Moradillo