Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > Salinas capacita 30 marisqueiras em cultivo sustentável de ostras
conteúdo

Salinas capacita 30 marisqueiras em cultivo sustentável de ostras

publicado: 06/08/2019 17h22, última modificação: 06/08/2019 17h24

Ensinar sobre o cultivo sustentável de ostras na região da Baía de Todos os Santos. Esse é o objetivo da primeira turma do curso de extensão em ostreicultura que será concluída nesta quinta-feira (8) pelo Núcleo Avançado de Salinas da Margarida do campus Salvador do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA). 

“Esta região da Baía de Todos os Santos tem grande potencial para o cultivo de ostras nativas, vindo a se tornar uma fonte de renda alternativa para a comunidade que vive da pesca, com grande possibilidade de desenvolvimento local, uma vez que se constitui em um processo de fácil implantação, baixo custo e sem grandes impactos ambientais”, explica a professora do IFBA Cristiane Silvão, que coordena o projeto com o professor José Ucha e a pedagoga Patrícia Dória. 

A turma é formada por 30 marisqueiras das comunidades de São Roque do Paraguaçu e Enseada do Paraguaçu  e tem como parceiros as empresas Enseada Indústria Naval e Bahia Pesca, que é vinculada à  Secretaria de Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária da Bahia (Seagri). A ação também tem o apoio do Estaleiro de Enseda do Paraguaçu e da Organização Não Governamental Humana Brasil.

Entre os assuntos abordados estão biologia de espécies cultivadas, identificação de locais ideais para o cultivo, obtenção de sementes, principais enfermidades que afetam os moluscos, técnica de depuração, legislação ambiental e gestão de comercialização.

Além do curso de extensão, Cristiane cita um projeto de curso subsequente de aquicultura. “Quero ressaltar também que estamos com um projeto de curso subsequente de aquicultura elaborado", informa. 

Divisão de Comunicação - DICOM / Campus Salvador
registrado em: