Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > IFBA formaliza acordo com o Instituto Politécnico de Bragança para programas de dupla diplomação
conteúdo

IFBA formaliza acordo com o Instituto Politécnico de Bragança para programas de dupla diplomação

por Helen Sampaio publicado: 17/05/2019 13h30, última modificação: 17/05/2019 20h40

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) assinou o segundo acordo de cooperação com o Instituto Politécnico de Bragança (IPB), desta vez para viabilizar programas de dupla diplomação com a instituição portuguesa. O acordo foi publicado no Diário Oficial da União (DOU), no dia 7 de maio.

Os programas de dupla diplomação são programas de mobilidade internacional que possibilitam ao estudante a aquisição de dois diplomas (um de cada instituição) nos níveis de graduação ou mestrado, levando em consideração os diferentes sistemas educativos e tempos de duração dos cursos. Os primeiros cursos a integrarem o acordo serão as engenharias. Segundo a coordenadora da Assessoria de Relações Internacionais (Arinter), vinculada à Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional (Prodin), Paula Oliveira, a ideia é que, posteriormente, o acordo se estenda aos outros cursos superiores.  

“É mais um passo para a internacionalização do IFBA. Para os estudantes, a possibilidade de vivência internacional e a aquisição de um diploma com validade em toda a comunidade europeia; para a Instituição, o acordo prevê a realização de trabalhos, estágios e dissertações, a partir da cooperação entre professores e pesquisadores das duas instituições, por meio de coorientações e projetos de pesquisa e extensão conjuntos”, pontua Paula.

Este será o primeiro programa de dupla diplomação ofertado pelo IFBA, que já oferece a mobilidade internacional tradicional, através de outro acordo com o IPB (para estudantes e professores) e de outras seleções, como a do Programa Futuros Líderes nas Américas (ELAP - Canadá) e chamadas internas para visitas técnicas e culturais. Ainda de acordo com Paula, uma chamada pública deve ser lançada pela Arinter, no segundo semestre deste ano, para que os estudantes iniciem a dupla diplomação em fevereiro de 2020.

Apesar da atual situação de bloqueio do orçamento do Instituto, Paula tranquiliza os estudantes quanto ao custo de vida em Bragança. “O bloqueio pode impactar em nossa capacidade de oferecer algum tipo de ajuda de custo aos estudantes selecionados, uma vez que, a mobilidade de duplo diploma requer o pagamento de uma anuidade ao IPB. Porém, o valor é baixo e eles facilitam o pagamento. Além disso, o custo de vida em Bragança é bem acessível”, esclarece.