Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > Alunos do IFBA fazem estágio em sistema de rodízio na Prefeitura de Una
conteúdo

Alunos do IFBA fazem estágio em sistema de rodízio na Prefeitura de Una

publicado: 16/10/2018 00h00, última modificação: 23/09/2019 10h45

Quatro alunos do IFBA iniciaram nesta terça-feira, 16, um estágio na prefeitura de Una, a 560km ao sul de Salvador. Os estudantes do curso de Redes de Computadores e Informática irão atuar na manutenção e conserto dos computadores das escolas públicas municipais  sob a supervisão dos professores mediadores presenciais.

Oferecido a estudantes que já concluíram o segundo grau, o curso é vinculado ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), implantado na Bahia pelo IFBA em mais de 40 cidades.

No caso de Una, o programa de estágio será realizado na forma de rodízio, ou seja, a cada três meses sai uma quarteto e entra outro, de forma que todos os alunos da turma possam participar. Cada estudante receberá uma bolsa de R$ 300 por mês para cumprir uma jornada de 10 horas semanais de estágio.

"Essa parceria com IFBA vem acrescentar aos nossos jovens mais capacitação, garantindo uma formação na área de tecnologia. Parabenizo os esforços dos alunos e de toda a equipe que vem se dedicando para que sejam concretizadas mais oportunidades de qualificação para todos", declarou o prefeito Tiago Birschner.

"Essa iniciativa visa atender uma demanda das escolas em relação a manutenção dos computadores e ao mesmo tempo dar oportunidade para os alunos por em prática os conhecimentos adquiridos no Polo do IFBA de Una", arrematou a secretária de educação de Una, Soelma Silva Santos, que concebeu o programa em conjunto com o coordenador-geral do Pronatec/IFBA, Marco Antônio Goes, da Coordenação Adjunta, Claudia, do assistente de coordenação de polo José Augusto Conceição Aquino e da Professora Mediadora Presencial Naiana Cardoso.

"Para além da geração de renda, este programa busca dar sentido aos conteúdos estudados ao longo do curso, motivar, melhorar a auto-estima e socializar as aprendizagens adquiridas", explica José Augusto Aquino, segundo o qual o perfil dos alunos que integram o programa é de jovens de 25 a 35 anos de idade.

Carine Farias dos Santos, Zulmiro da Silva Souza, Maine Bezerra dos Santos e Lincoln Oliveira Mendes da Silva foram os primeiros contemplados com o estágio. Em seu primeiro dia de trabalho, eles fizeram reparos básicos em dois computadores da própria secretaria de Educação.

"Estamos no segundo semestre do curso e confesso que eu não esperava uma oportunidade tão rápida assim. Espero que o estágio me ajude a ajudará a colocar em prática o conhecimento adquirido no curso e que abra portas para o mercado de trabalho na cidade e na região, já que por aqui temos poucos profissionais capacitados na área", afirmou Lincoln.

registrado em: