Você está aqui: Página Inicial > Campus Lauro de Freitas > Plano de retomada gradual às atividades Presenciais, acadêmicas e administrativas.
conteúdo

Notícias

Plano de retomada gradual às atividades Presenciais, acadêmicas e administrativas.

Em reunião do Comitê Covid-19 do Campus Lauro de Freitas, realizada dia 08/10/2021, conforme processo SEI 23278007648/2021-95, foi aprovado o ingresso na Fase 1 a partir do dia 19 de novembro de 2021 do plano de retomada gradual às atividades
publicado: 14/10/2021 14h29, última modificação: 14/10/2021 14h47

Em reunião do Comitê Covid-19 do Campus Lauro de Freitas, realizada dia 08/10/2021, conforme processo SEI 23278007648/2021-95, foi aprovado o ingresso na Fase 1 a partir do dia 19 de novembro de 2021 do plano de retomada gradual às atividades Presenciais, acadêmicas e administrativas com base na Resolução, nº 28 de 28 de setembro de 2021 do Conselho Superior do IFBA (CONSUP).
 

Nesta Fase, ainda não teremos aulas presenciais em todos os cursos, em atividades de extensão e pesquisa. Os serviços administrativos serão mantidos ainda de forma remota ou com acessos presenciais sob demanda. Os serviços essenciais continuarão presenciais.

A Fase 1 permite o retorno de até 25% do efetivo de servidores (as) e estudantes das unidades IFBA, de forma escalonada, sendo que todos devem estar imunizados.


As atividades a serem realizadas na FASE 1:

I. Preparação do campus para retorno de atividades acadêmicas e administrativas presenciais previstas na
próxima fase.
II. Dimensionamento do número de servidores(as) e dos setores que retornarão ao trabalho presencial
previstas na próxima fase.
III. Mapeamento dos espaços a serem utilizados nos campi e na reitoria segundo os protocolos sanitários
previstos no Plano de Contingência do IFBA e nos manuais de biossegurança do CONIF.
IV. Verificação da existência de infraestrutura, equipamentos, materiais e equipes necessárias para a
garantia das condições sanitárias para o acionamento da fase seguinte.
V. Atividades acadêmicas facultativas para turmas concluintes para a realização de Trabalhos de
Conclusão de Curso (TCC), cumprimento de estágio supervisionado e práticas de laboratórios, além do
desenvolvimento de projetos de pesquisa e extensão, desde que garantida a obediência a todas as
normas de segurança previstas no Plano de Contingência e respeitando as especificidades de cada área.