Você está aqui: Página Inicial > Campus Juazeiro > Notícias > 2017 > Maio > Carta Aberta dos Dirigentes das Instituições de Ensino Superior do Vale do São Francisco
conteúdo

Notícias

Carta Aberta dos Dirigentes das Instituições de Ensino Superior do Vale do São Francisco

publicado: 30/05/2017 12h24, última modificação: 30/05/2017 12h24

O Brasil e outros países da América Latina vêm vivenciando inúmeras e significativas mudanças nos cenários político, econômico e social nas últimas três décadas, no sentido da consolidação de um Estado Democrático de fato e de direito. A participação livre e voluntária da sociedade nas manifestações políticas, o reforço da liberdade de imprensa, o combate à corrupção e o fortalecimento do setor judiciário, como ações que poderão conduzir o país à desejada estabilidade e equidade na relação Estado e Sociedade Civil, são avanços que não podem retroceder.

Do mesmo modo, havia um conjunto de ações socioeconômicas em andamento que também não podem parar, tais como: as políticas de redistribuição de renda; o aumento no acesso aos serviços públicos; o controle da inflação; a retomada para o crescimento econômico, dentre outras. Vale ressaltar que essas ações constituem-se elementos de um projeto de nação, o qual visa garantir a constituição e a consolidação de um modelo de sociedade justa para os povos brasileiros, assim como possibilita a incorporação autônoma e equânime do Brasil na elaboração, implantação e condução das políticas públicas para a economia Global. Diga-se de passagem, um projeto de nação que vai além dos interesses dos Poderes Públicos instituídos (Executivo, Legislativo e Judiciário), à medida que envolve diversos segmentos da sociedade civil organizada.

No entanto, é perceptível que nos últimos vinte e quatro meses a condução da política nacional vem indicando a priorização dos interesses econômicos, focado num plano político instituído pelas elites nacionais e internacionais, em detrimento dos interesses sociais mais gerais, com efeitos danosos a este projeto de nação defendido pela sociedade brasileira. A execução deste plano, movido de forma aparentemente constitucionalista numa aliança perigosa entre setores do legislativo federal e do judiciário nacional marcou a retração da Esfera Pública como espaço legítimo de interlocução entre sociedade e governo, culmina em golpe político aos avanços conquistados. Hoje os setores mobilizados da sociedade se veêm cada vez mais alijados da participação democrática, com a decisão sobre o destino do país aliada à supervalorização estamental do eixo da representação eleitoral.

Nesse sentido, nos últimos dezoito meses assistimos à adoção de políticas de austeridade financeira e de redução orçamentária pelos governos, as quais vêm proporcionando a retração de políticas de inclusão social e o indireto reforço do individualismo competitivo. Além disso, assistimos também, como consequência, à uma alarmante tomada de posição dos setores conservadores da sociedade, conduzindo a vida cotidiana de modo odioso e beligerante.

Com base nesse cenário, os dirigentes das Instituições de Ensino Superior do Vale do São Francisco vêm apresentar sua total consternação diante da crise política e valorativa pela qual atravessa o país. É importante salientar nosso total compromisso com o reforço dos princípios republicano, democráticos e humanísticos que norteiam a agora pouco respeitada Carta Magna do país. Conclamamos os setores competentes a apurar todas as denúncias de corrupção que maculam o funcionamento dos poderes nacionais – indiferentemente de quem sejam os envolvidos. Em tempo, apresentamos nossos votos de que a atual crise do país nos ofereça uma importante oportunidade de amadurecimento enquanto nação.

 

Julianeli Tolentino de Lima (Reitor - Univasf)

Renato Anunciação Filho (Reitor - IF-BA)

Pedro Henrique de Barros Falcão (Reitor - UPE)

José Bites de Carvalho (Reitor - Uneb)

Antonio Henrique Habib Carvalho (Presidente - Facape)

registrado em: