Você está aqui: Página Inicial > Campus Jequié > Ensino > Estágio
conteúdo

Estágio

Apresentação

Estágio Supervisionado

Estágio Supervisionado é um importante componente curricular regido pela Lei Nº 11.788/2008.

Desenvolvido no ambiente de trabalho, o estágio é o ato educativo escolar supervisionado voltado à preparação para o trabalho produtivo de educandos que estejam frequentando o ensino regular, podendo ocorrer de forma obrigatória ou não obrigatória.

Egressos

Caso seja ex-aluno/a do IFBA Jequié, concluído ou não o curso, ou tenha ingressado em algum curso do IFBA Jequié e não esteja cursando no momento, mantenha seus dados atualizados para podermos manter contato e trocarmos informações importantes, inclusive de possíveis vagas de estágio e emprego, preenchendo o

>> Questionário para Egressos do IFBA Jequié <<

Documentação

A documentação para a conclusão do estágio deve ser preparada pelo estudante, juntamente com seu orientador, e contará com parecer, entrevistas e avaliação pelo supervisor da Unidade Concedente. Também devem estar anexados cópia do Termo de Compromisso e as folhas de frequência preenchidas diariamente, no decorrer do estágio, e assinadas.

Os estudantes que já atuam na área, seja por vínculo empregatício ou por cumprimento de estágio não obrigatório, podem pleitear o aproveitamento para estágio por meio do preenchimento da ficha de Requerimento de Aproveitamento Profissional, onde devem ser anexadas as comprovações da atuação profissional.

No Requerimento de Aproveitamento Profissional constará parecer de Chefia Imediata ou pessoa designada como supervisor das atividades profissionais realizadas, parecer do setor pessoal que ateste o vínculo profissional e parecer do Coordenador de Curso quanto à validação das atividades para fins de cumprimento do estágio.

Informações complementares

Quando devo realizar o estágio supervisionado obrigatório?

Nos cursos técnicos do IFBA campus Jequié, o estágio supervisionado obrigatório deve ocorrer nos dois últimos anos dos cursos integrados (3° e 4° ano) e nos dois últimos módulos (módulos III e IV) dos cursos subsequentes.

Ressalta-se que o estágio não pode ocorrer fora da área de formação do curso que o discente encontra-se matriculado.

No Curso Superior em Engenharia Mecânica, o estágio obrigatório deve ser realizado a partir do 8° semestre e o não-obrigatório pode ser realizado a partir do 6° semestre, conforme o Projeto Pedagógico do Curso (PPC).

Qual a carga horária?

É exigido o cumprimento de carga horária mínima de 240h para o estágio dos cursos de Informática Subsequente, Eletromecânica (integrado e subsequente) e Bacharelado em Engenharia Mecânica e 360h para o curso de Informática Integrado.

Quais as competências de cada agente em relação ao estágio?

Cabe ao IFBA, enquanto Instituição de Ensino, entre outras responsabilidades, designar docente de seu quadro para orientar as atividades de estágio; sempre buscar captar e divulgar vagas de estágio através de sua Coordenação de Estágio; arquivar os registros referentes à execução do estágio.

À Unidade Concedente do estágio (empresa ou instituição com área de atuação compatível) caberá a tarefa de supervisionar as atividades, atribuindo a um funcionário de seu quadro de pessoal, com formação ou experiência profissional na área de conhecimento desenvolvida no curso do estagiário, a responsabilidade de orientar e supervisionar as atividades no local do estágio.

Ao discente cabe a responsabilidade de se apresentar para vagas de estágio de seu interesse, com o apoio da Coordenação de Estágio, que poderá intermediar o contato, fornecer Carta de Apresentação ou disponibilizar os meios que se fizerem necessários.

O contato com as unidades concedentes de estágio pode se dar através da Coordenação de Estágio, que realiza contato contínuo com empresas e demais instituições onde seja possível a atuação profissional nas áreas técnicas de formação ofertadas pelo IFBA. Deste modo, são celebrados convênios de concessão de estágio e termos de compromisso que formalizam o ato. Cabe também a esta coordenação receber e conferir os documentos de estágio, no encerramento das atividades, antes de encaminhá-los para lançamento de notas e arquivamento.

É preciso estar segurado para estagiar?

Todos os alunos encaminhados para estágio deverão estar previamente segurados.

O seguro pode ocorrer, alternativamente, por conta da Instituição de Ensino ou da Unidade Concedente, cuja apólice e obrigação deverão constar no Termo de Compromisso do Estágio.

Documentação e etapas de Estágio

Etapa 1 – Captação da vaga de Estágio

A Captação da vaga pode ocorrer por meio de contato e articulação da Coordenação de Estágio com a empresa ou do próprio discente, que pode se apresentar pessoalmente à empresa a fim de pleitear a vaga. Recomenda-se que o/a estudante busque orientações da coordenação e vá à empresa utilizando a farda do colégio e apresente documento de identificação com foto e carta de apresentação e/ou currículo, ou envie por meio alternativo oferecido pela empresa/instituição (e-mail, WhatsApp etc.).

Etapa 2 - Convênio

Após captada a vaga de estágio pelo discente ou pela Coordenação de Estágio, é celebrado um termo de convênio para estágio entre o IFBA e a Unidade Concedente do Estágio. A minuta e assinatura do termo é preparada pela Coordenação de Estágio.

Etapa 3 – Cadastro, Seguro, Orientação, Termo de Compromisso e Plano de Atividades de Estágio

Após celebrado o convênio e selecionado o estudante a ser encaminhado para o estágio, empresa e discente devem preencher ficha cadastral disponibilizada pela Coordenação de Estágio a fim de obter informações para a elaboração do Termo de Compromisso e Plano de Atividades do Estágio.

Na sequência, é designado, pela Coordenação dos Cursos, um professor orientador que possa acompanhar o desenvolvimento das atividades do estágio. Este docente deve preencher e protocolar, no processo de Estágio, um Termo de Orientação onde toma conhecimento e aceita o desempenho de tal função.

O Termo de Compromisso de Estágio e Plano de Atividades é elaborado pela Coordenação de Estágio e encaminhado para assinatura das partes (IFBA, Unidade Concedente, Estagiário/a, testemunhas).

É solicitado pela Unidade Concedente ou pela Instituição de Ensino o seguro de vida contra acidentes pessoais para o/a estagiário/a.

Etapa 4 – Início do estágio

Na primeira data de vigência do seguro, o estudante pode se apresentar à empresa/instituição (unidade concedente) para início das atividades de estágio.

A Coordenação de Estágio envia à empresa a folha de frequência, que deverá ser preenchida diariamente pelo estagiário, contendo os horários de entrada e saída, bem como as atividades desenvolvidas diariamente. Neste documento será computada a carga horária de estágio.

Etapa 5 – Desenvolvimento do Estágio e documentação necessária

Os documentos de estágio a serem preenchidos pelo estagiário, juntamente com o orientador e com o supervisor de estágio são:

- a Avaliação de Desempenho do/a Estagiário/a pela Concedente (ao final do estágio),
- a Autoavaliação de Desempenho do/a Estagiário/a (ao final do estágio),
- o Relatório Periódico de Atividades (semestral),
- Relatório Final de Estágio.

Para o estágio obrigatório também é necessário o preenchimento da:

- Avaliação Periódica do Estágio (que deve ocorrer em 3 momentos distintos, ao longo da execução do estágio)

Etapa 6 – Conclusão do Estágio

Ao final do estágio, o discente deve ser avaliado, comunicar à Coordenação de Estágio o encerramento das atividades para celebração do Termo de Encerramento do Estágio e entregar à Coordenação de Estágio a documentação (Cópia do Termo de Compromisso, Folha de Frequência, documentos citados na etapa 5) a fim de caracterizar o cumprimento do componente curricular.

A Coordenação de Estágio verifica se a documentação está completa e encaminha à SRA (Secretaria de Registros Acadêmicos) e comunica à Coordenação dos Cursos para liberar e efetuar o lançamento de notas e posterior arquivamento dos documentos.

Aproveitamento de atividades extracurriculares para estágios

O/A estudante empregado/a ou com experiência anterior na iniciativa privada ou pública poderá aproveitar suas atividades profissionais para dispensar parcial ou totalmente o estágio, desde que atue ou tenha atuado na área do respectivo curso e sejam suas atividades aprovadas por docente da área, delegado pelo coordenador de curso.

Documentação comprobatória necessária

A habilitação do/a estudante caracterizando-o como empregado será constituída pelo registro em carteira profissional (CTPS), no qual conste claramente a função desempenhada relacionada ao curso ou, na ausência deste, o/a estudante deverá apresentar outros documentos com descrição das atividades assinados pela empresa (por exemplo, registro MEI, atestados de capacidade técnica, notas fiscais emitidas de serviços realizados, relatório de visita técnica e atividades realizadas, ateste de tomadores de serviço, entre outros).

Em ambos os casos, será levado em consideração a carga horária de estágio prevista no PPC.

O/A estudante trabalhador/a autônomo/a ou prestador/a de serviços poderá aproveitar suas atividades profissionais para dispensar parcial ou totalmente o estágio, desde que atue na área do respectivo curso, esteja com documentação regulamentada e sejam suas atividades aprovadas pelo docente da área, delegado pelo coordenador de curso.

Para a dispensa parcial ou total de estágio, o/a estudante encaminhará à Coordenação de Curso, via protocolo, os seguintes documentos:

I. Requerimento de dispensa devido a aproveitamento profissional;
II. Documento de habilitação comprobatório da experiência profissional;
III. Formulário (anexo) contendo as seguintes informações:

a. Identificação do/a estudante;
b. Situação do/a estudante: função/cargo;
c. Principais atividades desenvolvidas;
d. Tempo de trabalho na empresa e período a ser computado para a dispensa;
e. Declaração assinada pelo/a chefe imediato/a ou setor responsável da empresa, no caso de empregado/a, ou pelo/a próprio/a estudante, no caso de proprietário/a de empresa, autônomo/a, prestador/a de serviço ou que atuou em empresas extintas, contendo avaliação livre e direta acerca de desempenho, considerando as habilidades desenvolvidas.

A dispensa do estágio somente será concedida após a avaliação do Conselho do curso.

Contato

Coordenação de Estágio

Agendamento, atendimentos e reuniões:



(73) 3525-6249 / Ramal 1722

Camila de Mattos Lima Andrade - Coordenadora de Estágio