Você está aqui: Página Inicial > Campus Jacobina > Notícias Campus Jacobina > 2019 > Estudantes apresentam peças teatrais a partir das principais obras do sociólogo Zygmunt Bauman
conteúdo

Estudantes apresentam peças teatrais a partir das principais obras do sociólogo Zygmunt Bauman

por Verusa Pinho publicado: 20/08/2019 07h49, última modificação: 23/08/2019 07h52

Orientados pelo professor de sociologia Joallan Rocha, alunos do 4º ano dos cursos técnicos integrados do Campus Jacobina do IFBA montaram peças teatrais inspirados nas obras do famoso sociólogo polonês Zygmunt Bauman (1925-2017), um dos mais importantes do século XX.

“Sua interpretação sobre as transformações sociais, políticas e culturais do mundo contemporâneo seguem influenciando inúmeras gerações de estudantes e professores. Com obra marcada pela utilização da metáfora da liquidez para descrever tais transformações, o autor acreditava que vivemos a era da 'modernidade liquida', na qual os vínculos e laços humanos são caracterizados pela fluidez, incerteza e insegurança. O evento é resultado das discussões em torno da obra de Bauman, realizadas ao longo da  II unidade. Durante o 4° ano, os alunos têm contato com autores contemporâneos da Sociologia e das ciências sociais, a exemplo de Michel Foucault, Pierre Bourdieu e Manuel Castells”, explica o docente.

Abertas ao público, as apresentações acontecem no auditório do campus, nos dias 28 e 29 deste mês, às 14h. A entrada (voluntária) será um 1kg de alimento não perecível para doação a entidade(s) filantrópica(s).

Saiba mais

A peça "Tudo o que é mole cai" pretende brincar com elementos cotidianos e, ao mesmo tempo, demonstrar a ideia da “Modernidade Líquida” defendida por Bauman. Cada personagem da história trará reflexões acerca do trabalho, da família, do amor, da política, bem como sobre o próprio "eu" no contexto tão volúvel da modernidade tecnológica. “Esperamos que ao assistir ninguém perca as estribeiras... até porque tudo que é mole uma hora cai”, comenta a estudante de informática Jaíne Reis. 

Data: 28/8, às 14h

A peça “Fluida Solidez”, desenvolvida pelos estudantes de mineração, aborda a volta de Elisa (personagem principal) a um tempo completamente diferente do seu. A menina terá que aprender a lidar com o seu novo caminho e aprenderá o quanto ele pode ser difícil. 

Data: 29/8, às 14h

registrado em: