Você está aqui: Página Inicial > Campus Jacobina > Notas e Comunicados Campus Jacobina > Comunicado: Sobre feriados municipais e calendário acadêmico
conteúdo

Comunicado: Sobre feriados municipais e calendário acadêmico

publicado: 14/10/2019 10h39, última modificação: 14/10/2019 11h04

As Direções Geral e de Ensino do Campus Jacobina do Instituto Federal da Bahia (IFBA) esclarecem a toda a comunidade que o calendário acadêmico da instituição não está vinculado ao municipal.

"Apesar de entendermos a necessidade exclusiva de alguns alunos quanto ao transporte coletivo disponibilizado pelos municípios para deslocamento ao ambiente escolar, lembramos que a aprovação do calendário institucional é realizada anualmente em assembleia, portanto, do conhecimento de todas as categorias (docente, discente e técnico-administrativa). Vale ressalvar, pois, que esta segunda-feira, dia 14 de outubro, permanece como dia letivo, assim como a terça-feira, 15 (Dia do Professor), e o restante da semana. Ou seja, as aulas e demais atividades acadêmicas do IFBA seguem mantidas, conforme calendárionão cabendo aos representantes estudantis deliberarem acerca do assunto, sobretudo sem o cumprimento dos trâmites legais.

Importante destacar, ainda, que a oferta do transporte escolar é contrapartida das prefeituras situadas nas proximidades dos campi do IFBA, a qual temos acompanhado de perto, juntamente com os estudantes, Associação de Pais e Responsáveis. Observamos, também, que parte dos alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica recebe auxílio-transporte de acordo com o Programa de Assistência e Apoio ao Estudante (PAAE), o que contribui, diretamente, para o deslocamento ao Instituto.

Ressaltamos que a gestão vem buscando estratégias para aproximar, ao máximo, o calendário institucional ao municipal, a fim de minimizar possíveis transtornos aos estudantes, mas, ao mesmo tempo, cumprindo os 200 dias letivos previstos pela LDB.

Diante do exposto, contamos com a compreensão e colaboração de toda a comunidade IFBA, e informamos que estamos, sempre, disponíveis para o diálogo."