Você está aqui: Página Inicial > Campus Irecê > Notícias > Notícias 2020 > IFBA oferta 1.620 vagas para primeira edição do Sisu em 2020, sendo 60 para o campus Irecê
conteúdo

IFBA oferta 1.620 vagas para primeira edição do Sisu em 2020, sendo 60 para o campus Irecê

publicado: 06/01/2020 16h57, última modificação: 06/01/2020 16h59

Os candidatos que se inscreverem na primeira edição de 2020 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) poderão escolher entre 43 cursos superiores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), distribuídos em 17 cidades baianas: Barreiras, Brumado, Camaçari, Eunápolis, Feira de Santana, Irecê, Jacobina, Jequié, Lauro de Freitas, Paulo Afonso, Porto Seguro, Salvador, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Simões Filho, Valença e Vitória da Conquista.

Do total de 1.620 vagas ofertadas pelo IFBA para cursos superiores de licenciatura, bacharelado e tecnológicos, 725 são destinadas à ampla concorrência, 84 à ações afirmativas (candidatos indígenas e/ou com necessidades educacionais especiais) e 811 aos estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas e/ou que possuem renda igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo.

Para o campus Irecê serão destinadas 60 vagas no total, sendo 30 para Análise e Desenvolvimento de Sistemas e 30 para Manutenção Industrial. Conheça nossos cursos aqui

Análise e Desenvolvimento de Sistemas:

Perfil do Curso:

O Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas analisa, projeta, documenta, especifica, testa, implanta e mantém sistemas computacionais de informação. Este profissional trabalha também com ferramentas computacionais, equipamentos de informática e metodologia de projetos na produção de sistemas. Raciocínio lógico, emprego de linguagens de programação e de metodologias de construção de projetos, preocupação com a qualidade, usabilidade, robustez, integridade e segurança de programas computacionais são fundamentais à atuação deste profissional.
O curso contempla o estudo de diversos sistemas existentes entre hardwares, softwares e o usuário final, para que o estudante compreenda seus comportamentos e aplicações. Essa formação profissional apresenta-se como excelente alternativa e vai de encontro com um mercado de trabalho em expansão e carente de profissionais com sólida formação técnica e acadêmica.

Áreas de atuação

Em empresas rurais e urbanas, instituições públicas e privadas, empreendimentos agropecuários e agroindustriais, atividades relacionadas à comercialização e marketing, indústrias, bancos, construtoras, estabelecimentos comerciais, laboratórios de pesquisa, empreendimento próprio. Poderá ainda atuar como instrutor nas áreas: informática básica, programação, redes de computadores e banco de dados.

Turno: Vespertino

Duração: 6 semestres (duração máxima 9 semestres)

Carga Horária Total: 2.520 horas

Manutenção Industrial

Perfil do Curso:

O objetivo do curso é fazer com que seus graduandos sejam capazes de compreender e dominar o processo de manutenção em sistemas industriais (elétricos e mecânicos) e dessa forma realizar atividades de análise, especificação, projeto, implementação, teste e suporte em processos industriais. Com isso serão capazes de refletir sobre sua prática profissional e de intervir na realidade regional de forma empreendedora, buscando transformá-la.

Áreas de atuação

O mercado de trabalho do tecnólogo em Manutenção Industrial é constituído por empresas da área de tecnologia e de produção que desejam melhorar seu desempenho aprimorando seu departamento de manutenção.

De um modo diversificado, sua atuação profissional pode ser exercida em empresas rurais e urbanas, instituições públicas e privadas, empreendimentos agropecuários e agroindustriais, indústrias, laboratórios de pesquisa, empreendimentos próprio que utilizem equipamentos mecânicos, pneumáticos, hidráulicos, eletromecânicos, inclusive os assistidos por computadores.

Turno: Vespertino 

Duração: 6 semestres (duração máxima 9 semestres)

Carga Horária Total: 2.770 horas

As inscrições do Sisu 2020.1 ocorrerão entre os dias 21 e 24 de janeiro. Para se inscrever, os candidatos devem ter realizado a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 2019 e obtido a nota da redação diferente de zero.

Confira mais informações no Termo de Adesão do IFBA e na página do Sisu.

registrado em: