Você está aqui: Página Inicial > Instituto Federal > Notícias 2018 > VII Encontro Nacional de Moringa
conteúdo

VII Encontro Nacional de Moringa

por Iali Moradillo publicado: 22/11/2018 10h17, última modificação: 22/11/2018 13h48

IMG-20181120-WA0071.jpg
VII Encontro Nacional de Moringa
Entre os dias 18 a 21 de novembro, aconteceu  na Reitoria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) o VII Encontro Nacional de Moringa (Enam 2018).

Atualmente, o Enam é o principal meio de interação, comunicação e divulgação de trabalhos e pesquisas desenvolvidos em relação a planta Moringa oleiferaLam. (moringa), considerada por botânicos e biólogos como “árvore milagrosa”. 

A planta, que é originária da Ásia e da África, tem sido estudada por apresentar diversos benefícios que vão desde a área medicinal,  auxiliando em diversas doenças, e ao alto valor nutritivo de suas folhas e vagens, além da eficiência no tratamento de água e efluentes, como explicou o professor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Gabriel Francisco, vice presidente da comissão organizadora  um dos idealizadores da primeira edição do evento. “A moringa é uma oleaginosa multiuso, tem todas as propriedades para transformar um ser humano num ser feliz, ela tem propriedades importantes para diversas  questões de saúde, como diabetes e câncer, além do uso para tratamento de água e na alimentação”, explicou. 

Durante o evento foram apresentadas quatro mesas-redondas, com total de 12 palestras, 88 trabalhos científicos, sendo 63 na forma de pôster e 25 oral, minicursos e sessões de apresentação de produtos contemplados nas seguintes áreas temáticas: alimentícios, saúde e cosméticos; piscicultura e alimentação animal; produção agrícola; produtos fármacos; tratamento de água e efluentes e utilização em geral da moringa.

Essa edição contou com um total de 150 participantes nas modalidades presencial, semipresencial, e online, o que representa um número significativo, conforme explicou Gabriel Francisco. “Pelo histórico do evento, que possui um público bem específico, tínhamos em torno de 100 participantes presenciais, e agora só no presencial esse número aumento em torno de 40%, então o retorno foi muito bom.”, informou.

Para a presidente da comissão organizadora, Daiane Suffredini, do Departamento de Engenharia Química do campus Salvador, o Encontro apresentou um saldo bastante positivo: “Enfrentamos várias dificuldades neste evento, mas não deixamos de realizar porque não se pode perder o que foi  conseguido ao longo dos anos; o público só vem crescendo e,  apesar das dificuldades, o evento foi um sucesso, tivemos  muita gente de fora”, declarou a docente do IFBA.

 Além de Daiane, compuseram a organização geral do evento, as professoras: Ana Cláudia Medeiros (campus Salvador), Iara Santos (campus Salvador), Mélodi Schmidt (campus Porto Seguro) e Luiz Antônio Magalhães Pontes (UFBA).

O Encontro deste ano foi organizado pelo IFBA em parceria com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal de Sergipe (UFS) e a Universidade Estadual de Maringá (UEM). No âmbito local, o IFBA contou com o apoio da Universidade Federal da Bahia (UFBA). A próxima edição do encontro, prevista para 2020, acontecerá na Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

 

Leia mais: Inscrições abertas para o VII Encontro Nacional de Moringa

 

 

 

 

registrado em: , , ,