Você está aqui: Página Inicial > Campus Eunápolis > Notícias > Notas e comunicados período eleitoral > IFBA recebe três cartas patentes do INPI
conteúdo

IFBA recebe três cartas patentes do INPI

Notas e comunicados no período eleitoral Eunápolis

publicado: 25/04/2019 08h20, última modificação: 25/04/2019 10h14

Na manhã de ontem (23) aconteceu, na Reitoria, a cerimônia de entrega de três cartas patentes  ao Instituto Federal de

INPI.jpeg
Cerimônia de entrega das patentes
Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), emitidas pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

As cartas compreendem diferentes áreas de conhecimento e são resultados de projetos desenvolvidos em parceria com outras instituições federais, como o “Analisador de Incubadoras para Neonatos” (PI 0925423-4), criado pelos pesquisadores do IFBA Handerson Jorge Dourado Leite,  Josemir da Cruz Alexandrino e Valnilton Evilásio da Silva e da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Ricardo de Araújo Kalid. O invento é um analisador das condições do microclima de uma incubadora neonatal, que tem a função de verificar os parâmetros corretos de concentração de oxigênio e dos sensores de temperatura, umidade e ruído sonoro. Atualmente, já está sendo desenvolvido no Polo de Inovação Salvador (PIS) do IFBA um modelo de utilidade desse analisador de incubadora, a fim de possibilitar melhorias ao produto para posterior comercialização.

 “Máquina para Quebra do Coco Licuri e Similares” (MU 9002752-3) e “Adição de Cinzas da Casca do Café em Massas Cerâmicas para Pisos e Revestimentos” (PI 0925423-4) também receberam cartas patentes. A máquina é um modelo de utilidades criado pelos pesquisadores do Instituto, Raimundo Ferreira da Silva e Ivo Ferreira da Silva, em conjunto com Ângelo Roncalli Guerra, da UFRN. Já o projeto de adição de cinzas foi desenvolvido pelos pesquisadores Eduardo Jorge Dultra  (IFBA) e Wilson Acchar (UFRN), e refere-se à fabricação de placas cerâmicas para pisos e revestimentos com adição de cinzas da casca de café, obtidas em seu beneficiamento, como matéria prima fundente na formulação, o que gera um produto de boa resistência mecânica.

Confira aqui algumas das tecnologias desenvolvidas por pesquisadores do IFBA registradas ou protegidas junto ao INPI.

por Iali Moradillo