Você está aqui: Página Inicial > DGP > MANUAL DO SERVIDOR > Itens do manual > Licença para Desempenho de Mandato Classista
conteúdo

Licença para Desempenho de Mandato Classista

por Leonardo Santana Marques publicado 24/08/2017 16h32, última modificação 24/08/2017 16h32

Definição:

É o direito assegurado ao servidor para desempenhar, sem ônus para a UFRGS, mandato em confederação, federação, associação de classe de âmbito nacional, sindicato representativo da categoria ou entidade fiscalizadora da profissão.

Requisitos:

  1. Ser servidor efetivo;
  2. Ter sido eleito ou nomeado para mandato representativo da categoria.

 

Documentação Necessária: (Em construção)

  1. Requerimento      do servidor, encaminhado por sua chefia imediata;
  2. Comprovação      por parte da entidade de que o servidor foi eleito para cargo de direção      ou representação;
  3. Documentação      comprobatória do cadastro da entidade junto ao Ministério do Planejamento,      Orçamento e Gestão.

 

Informações Gerais:

  1. O período      de Licença para Desempenho de Mandato Classista é considerado como de      efetivo exercício, exceto para promoção por merecimento;
  2. A licença      terá duração igual à do mandato, podendo ser prorrogada, no caso de      reeleição, por uma única vez;
  3. Não pode      ser autorizada Licença para Desempenho de Mandato Classista ao servidor em      Estágio Probatório;
  4. O servidor      investido em mandato classista não poderá ser removido ou redistribuído de      ofício para localidade diversa daquela onde exerce o mandato;
  5. É vedada a      concessão de Licença para Desempenho de Mandato Classista às chamadas      centrais sindicais (CUT, CGT e congêneres);
  6. Ao servidor      público civil é assegurado, nos termos da Constituição Federal, o direito      à livre associação sindical e o direito de inamovibilidade do dirigente      sindical, até um ano após o final do mandato, exceto se a pedido;
  7. Limites de      servidores em licença, por entidade:
  • até 5.000       (cinco mil) associados: 01 (um) servidor;
  • entre       5.001 (cinco mil e um) e 30.000 (trinta mil) associados: 02 (dois)       servidores;
  • mais de       30.000 (trinta mil) servidores: 03 (três) servidores;
  • A licença      para desempenho de mandato classista é sem remuneração.
  •  

    Fundamentos Normativos:

    1. Lei nº 8.112, de 11/12/1990, arts. 81, 82, 92 e 94, § 2º, 102, inciso VIII, alínea "c" e 240
    2. Decreto nº 2.066, de 12/11/1996

     

    Fluxo de Procedimentos: (Em construção)

    Processo: Sim

    Formulário Específico: Não

    Setor Responsável:

    Coordenação de Cadastro (COCAD/DEAP/DGP)
    Telefone: (71) 3221-0306 / 0319
    Email: cocad@ifba.edu.br