Você está aqui: Página Inicial > DGCOM > Área de imprensa > Releases 2019 > IFBA promove evento que discutirá estratégias para empreendedorismo inovador
conteúdo

IFBA promove evento que discutirá estratégias para empreendedorismo inovador

publicado: 11/09/2019 15h15, última modificação: 11/09/2019 15h15

No próximo sábado (30), empreeendedores, executivos de medias e grandes empresas, agentes de inovação, investidores e a comunidade acadêmica estarão reunidos na 1ª edição do Pitchday 2019 - Hotel de Projetos, promovido pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), para discutir empreendedorismo inovador, a partir de apresentações curtas (pitches) de projetos de ideias inovadoras do Programa Hotel de Projetos Tecnológicos do IFBA.

 

A programação do evento, que acontece no auditório nobre do campus Salvador, das 8h30 às 17h30, conta com palestras e oficinas sobre como elaborar pitches impactantes e aperfeiçoar a apresentação de startups e potenciais modelos de negócio, além de apresentações dos pitches hospedados no Programa.

 

O Pitchday é uma iniciativa do IFBA, em parceria com a Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia) e a aceleradora de negócios Rede+. Entre os convidados estão o CEO da Rede +, Rodrigo Paolilo; o gerente de marketing da Desenbahia, João Paulo Matta; e o professor do Centro de Empreendedorismo e Inovação (CEI) da Universidade Salvador (Unifacs), Marcelo Dutra.

 

As inscrições para o evento podem ser realizadas até essa quinta-feira (28), através da página do evento.

 

Hotel de Projetos Tecnológicos

 

O Hotel de Projetos Tecnológicos do IFBA foi criado em 2017, com o propósito de realizar a pré-incubação de idéias que pretendem resolver problemas relevantes da sociedade, do mercado ou da indústria, a partir do estímulo à criatividade, inovação, desenvolvimento tecnológico e empreendedorismo de base tecnológica. A iniciativa, fruto da parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), proporciona apoios de diversas ordens, inclusive o financeiro, aos participantes. A intenção é que, durante o período de hospedagem (12 meses), os estudantes se tornem aptos a descrever e projetar as soluções propostas e avaliar as viabilidades técnica, econômica e mercadológica das ideias.