Você está aqui: Página Inicial > Campus Vitória da Conquista > Notícias > IFBA discute a Homofobia
conteúdo

IFBA discute a Homofobia

publicado: 18/05/2018 15h59, última modificação: 18/05/2018 15h59

Na última quinta-feira, dia 17 de maio, foi realizado no IFBA campus Vitória da Conquista um dia cheio de atividades para celebrar o Dia Internacional de Luta Contra a Homofobia e refletir sobre os direitos do LGBTs e a importância da conscientização também no ambiente estudantil.

A data foi incluída no calendário brasileiro em 2010, mas tem sido um marco no movimento LGBT desde 1990, quando a homossexualidade foi excluída da Classificação de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS) e o termo "homossexualismo" passou a ser desconsiderado.

Em 2017, 445 lésbicas, gays, bissexuais e transexuais foram mortos em crimes motivados por homofobia, um aumento de 30% em relação ao ano anterior*. O número representa uma morte a cada 19 horas e faz com que o Brasil seja o campeão mundial nesse tipo de crime. O levantamento se baseia principalmente em informações veiculadas pelos meios de comunicação, ou seja, esse número pode ser ainda maior, já que em muitos casos não chegam a ser noticiados.

O IFBA recebeu o aluno Júlio Castro, que conduziu uma roda de conversa juntamente com os professores Denise Ventura, Eduardo Nunes, e a empresária Núbia Damasceno. Além disso, houve muita interação com os alunos, que se envolveram em performances de canto e dança e lotaram o auditório do campus.

*Dados coletados pelo Grupo Gay da Bahia (GGB).

Patrícia Sousa

Estagiária Supervisionada

 

registrado em: