Você está aqui: Página Inicial > Campus Camaçari > Notícias > Notícias 2020 > Comunidades de Camaçari e Santo Amaro participam de Audiência Pública para debater o Plano de Contingência do IFBA
conteúdo

Comunidades de Camaçari e Santo Amaro participam de Audiência Pública para debater o Plano de Contingência do IFBA

publicado: 06/08/2020 13h06, última modificação: 07/08/2020 13h29

Seguindo o cronograma de audiências públicas para apresentação do Plano de Contingência do IFBA frente à Pandemia do Sars-Cov-2 (Coronavírus) à comunidade, foi realizada na tarde de terça-feira (04), reunião com os campi Camaçari e Santo Amaro. A apresentação e debate foram conduzidos pelo Pró-Reitor de Ensino, Philipe Carvalho e pela Diretora Sistêmica de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis (DPAAE), Marcilene Garcia de Souza, e contou com a participação da comunidade acadêmica dos dois campi.

O Pró-Reitor iniciou a audiência explicando que a construção do texto preliminar se deu através de um processo que envolveu os Comitês Central e Locais de Prevenção e Acompanhamento da Pandemia da Covid-19 e Câmaras Técnicas, com o esforço de 57 servidores, mais de 40 dias de trabalho, reuniões com representantes estudantis, colegiados superiores e, nesse momento, audiências públicas para apreciação de todos os campi. Após essa fase, será apresentado, já com as contribuições da comunidade, no dia 11 de agosto, ao Conselho Superior (Consup). Cabe ao Consup a decisão pela aprovação da versão final do documento e, com isso, o retorno remoto emergencial das atividades.

Foram apresentados alguns dados da pesquisa institucional, realizada em abril, maio e julho, pela Pró-Reitoria de Ensino (Proen), em ação conjunta entre os campi, com o objetivo de apresentar um panorama dos efeitos da pandemia na comunidade IFBA, subsidiar a finalização do Plano de Contingência e ajudar a elaborar ações de apoio tecnológico e capacitação aos estudantes e servidores do Instituto. Carvalho apresentou alguns dados referentes aos dois campi e o perfil diverso e plural dos estudantes, principalmente com relação aos números de acesso e inclusão digital.

A audiência também destacou o conjunto de ações que buscam garantir a inclusão dos estudantes do IFBA, como a aprovação pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC), do Ministério da Educação, do Plano de Trabalho "INCLUIIFBA: Nenhum@ estudante a menos", para a compra de dois mil tablets.

O Pró-Reitor destacou ainda que as audiências agregam valor à proposta pública e contribui para a retomada segura, com soluções possíveis neste contexto de pandemia.

Após apresentação das três dimensões do plano: (1) plano em si, (2) questões que compõem o plano e (3) reflexões sobre os dados coletados na pesquisa institucional, abriu-se espaço para o debate, que contou com a participação de servidores e estudantes.

Os principais pontos abordados no debate foram as implicações da reprovação, questões referentes a estágios em andamento e suspensão dos mesmos, dificuldades para atividades acadêmicas remotas na modalidade integrada, limitações das aulas práticas e peculiaridades das dificuldades de acesso dos estudantes.

Para os questionamentos, houve contribuições, dentre outras via chat online, do campus Camaçari através dos docentes Alexandre Lopo, Eduardo Teles, Erivã Silva, Helena Avanzo, João Marcelo Fernandes, Juliana Pains, Marcos Antonio, Sueli Prazeres, Terezinha Quadros; da assistente social Paula Roberta; e discente Bruno do Carmo. Do campus Santo Amaro, contribuíram os docentes Andréa Amazonas, Leandro Sodré, Silvando Vieira, e a discente Emily Miranda. 

O Pró-Reitor colocou que todas as decisões tomadas devem garantir condições sanitárias seguras a todos, que este período demanda um esforço coletivo e afirma que "não há uma solução fácil". Foi abordada também a utilização da versão 3.9 do moodle institucional: mais atualizada, com autonomia de gestão pelos campi e possibilidade de integração com o SUAP.

Foi enfatizado que o Plano de Contingência traz diretrizes e propostas de caráter emergencial e possuem, portanto, uma proposição dinâmica e flexível, respeitando a singularidade e autonomia dos campi.

Para acessar a íntegra do Plano de Contingência, clique aqui.

 

Saiba Mais:

Ciclo de audiências públicas é concluído e Plano de Contingência segue para o Consup