Você está aqui: Página Inicial > Campus Seabra > Notícias > Notícias Campus Seabra > Projeto musical do IFBA Seabra realiza apresentação aberta

Notícias

Projeto musical do IFBA Seabra realiza apresentação aberta

publicado: 24/04/2018 13h30, última modificação: 24/04/2018 15h27
Experiência de palco é trabalhada de forma criativa e aumenta capacidade dos alunos para apresentações em público

Na manhã da última quinta-feira, 19, aconteceu no auditório do IFBA Seabra a culminância do projeto musical realizado pelo professor Eric Barreto e os estudantes da disciplina de artes, do 1° ano do ensino médio regular.

“A Raça Humana”, de Gilberto Gil, “Cristo e Oxalá”, de O Rappa e “Abençoa Jah”, da banda Adão Negro foram canções interpretadas pelos corais dos estudantes do Campus, acompanhados por uma banda base formada com guitarra, baixo, saxofone e bateria.

Coral Musical durante apresentação. Foto: Iago Aquino - GeCom IFSeabra

"É um processo que começa desde o primeiro dia aula, com apreciações musicais. A gente tem uma discussão sobre o que é arte, quais as funções e como a música se encaixa nisso. O final do ano (letivo) é o onde eles têm a experiência de palco”, destaca o professor Eric Barreto, coordenador do projeto.

"É um processo que começa desde o primeiro dia aula, com apreciações musicais. A gente tem uma discussão sobre o que é arte, quais as funções e como a música se encaixa nisso. O final do ano (letivo) é o onde eles têm a experiência de palco”

Naiara Nascimento, 21, compartilha sua experiência à partir do projeto. “Cantava porque eu gosto de cantar. Mas quando a gente passou a ter aula com ele (professor), a gente passou a ter realmente, a conclusão do que era música. Aprendi muita coisa, a questão da respiração, de saber da a pausa, questão de saber voltar no tom certo, mudar de tom no meio da música... Isso daí a gente conseguiu aprender através das aulas”.

A discente, que possui deficiência visual, ainda relata como se adaptou às atividades. “Tinha que escrever, no meu caso, eu fiz tipo um desenho. Quando a nota era aguda eu colocava o desenho pra cima. Quando era grave eu colocava a nota ‘pra’ baixo”.

 As músicas estudadas trouxeram como principal temática a intolerância religiosa, um dos assuntos abordados em algumas disciplinas do último período letivo.

O professor Nelson Costa, que ministra aulas de física, diz que “foi uma surpresa agradável. O tema casou com os assuntos trabalhados. Tem relação com a Idade Média, quando alguns físicos/cientistas eram perseguidos por terem pensamentos contrários aos dogmas da época”.

“Cada um tem o seu jeito de adorar. A gente ‘tava’ cantando salve em nome de qualquer Deusporque ‘pra’ nós, o que vale é a nossa fé”

 As atividades foram além da música, intervenções artísticas de poesia e teatro também abordaram o tema. Harley Paixão, 16, discente do curso técnico integrado de Meio Ambiente, que no último período, estudou intolerância religiosa a partir da disciplina de ciências exatas, destaca: “Ajuda a entender que outro também tem a chance de acreditar em algo, ou até mesmo, de não acreditar. Cada um tem a sua particularidade”.

Francisco Caio Barreto, 17, atuou na apresentação teatral juntamente com seus colegas. Para ele, a reflexão feita a partir da disciplina é uma possibilidade de aguçar o senso crítico e compreender melhor o tema da intolerância. “Foi maravilhoso, serviu como pesquisa ‘pra’ gente aprender à respeito de coisas que já aconteceram”.

Ainda sobre o projeto musical, o professor Eric complementa: “Você precisa contagiar as pessoas, precisa interpretar. E esse trabalho de interpretação, também é realizado. Isso é o ciclo básico da disciplina”.

Acerca da apresentação do dia, Naiara deixa uma reflexão sobre a música interpretada por ela e sua turma. “Cada um tem o seu jeito de adorar. A gente ‘tava’ cantando salve em nome de qualquer Deus, porque ‘pra’ nós, o que vale é a nossa fé”.

O evento também celebrou o fim do ciclo estudantil para os alunos concluintes dos cursos de Meio Ambiente e Informática.

Por Iago Aquino, GeCom IFBA Seabra

Veja aqui a galeria de imagens do evento.