Você está aqui: Página Inicial > Campus Salvador > Notícias 2016 > Geração de energia solar tem início no campus Salvador

Geração de energia solar tem início no campus Salvador

publicado: 07/12/2016 08h42 última modificação: 07/12/2016 08h42

Por Verusa Pinho

Desde o dia 22 de novembro, o campus Salvador tem experimentado um novo ciclo em sua trajetória: 200 placas solares fotovoltaicas já estão produzindo energia de base renovável no primeiro e maior campus do Instituto Federal da Bahia (IFBA). Integrado à rede elétrica, o sistema pretende contribuir com a redução de gastos, respondendo, inicialmente, por 15 a 20% de toda a necessidade da unidade, além de se tornar um centro de demonstração e capacitação para a sociedade.

A ação é fruto do 1º lugar conquistado pelo IFBA, em 2015, no Desafio da Sustentabilidade, programa de inovação do Ministério da Educação (MEC) em prol da eficiência do gasto público com água e energia elétrica. Com a premiação, o Instituto recebeu cerca de R$ 3 milhões para investir em ações sustentáveis. O campus Salvador foi essencial para esse resultado, pois, através da sua Comissão Interna de Sustentabilidade Ambiental (Cisa), organizou uma campanha para cadastrar o maior número de participantes de cada campus, totalizando 441 ideias. Dessa forma, a maior parte dos recursos recebidos com a premiação - em torno de R$ 2 milhões - ficou com o campus da capital, incluindo, ainda, implantação de sistema eólico e aproveitamento da água da chuva.

Na opinião do professor Armando Tanimoto, integrante da Cisa e grande incentivador da participação da comunidade acadêmica na plataforma do referido desafio (PrêmioIdeia), a iniciativa deve ser comemorada.  “O esforço conjunto de docentes, discentes, assistentes e voluntários da Cisa tornou realidade uma nova era: a da geração de energia renovável! Estamos todos de parabéns!”, falou contente. Também coordenador de projeto da Comissão, Tanimoto, ao lado da docente de segurança, meio ambiente e saúde Samara Andrade, orienta dois estudantes do curso técnico de eletrônica, Rodrigo Souza Montes (bolsista) e Murilo Mosquera Bastos  (voluntário), que registram, em imagens, o passo a passo do processo: desde a chegada dos equipamentos à montagem do Centro de Geração de Energias Renováveis.

Como docente e doutor em gestão e políticas ambientais, ele comenta que o Prêmio foi uma oportunidade ímpar para aquisição de equipamentos destinados à energia alternativa (placas e aerogeradores), desembocando na criação de um Plano de Gestão da Energia em diversos campi do IFBA, com 11 participantes. Até o final deste ano, a meta é que cada campus tenha um diagnóstico de consumo, com indicadores a serem acompanhados em 2017, e Plano de Redução de Consumo. Em Salvador, o próximo passo inclui incentivar alunos dos cursos afins a se debruçarem sobre a área e suas tecnologias, por meio de seus trabalhos de conclusão de curso, projetos de pesquisa e extensão, dentre outros.

Esta primeira etapa de instalação foi realizada por empresa contratada e também acompanhada pelo diretor adjunto de engenharia e manutenção do campus, professor Marcelo Cad, em parceria com o coordenador do curso técnico de eletrônica, Eduardo Allatta, ambos integrantes da Cisa. Para conhecer essa e outras propostas contempladas pelo Desafio da Sustentabilidade, acesse a coletânea aqui

 

Divisão de Comunicação – campus Salvador