Você está aqui: Página Inicial > Portal do Servidor > Noticias - 2015 > Camaçari promove jornada pedagógica

Camaçari promove jornada pedagógica

publicado: 27/11/2015 11h32 última modificação: 06/01/2016 17h37

Com o tema “Desafios à Prática Educativa no Campus Camaçari: avaliação da aprendizagem e indisciplina na Educação Profissional”, a Jornada Pedagógica 2015 do campus Camaçari reuniu, nos dias 23 e 24 de novembro, professores e técnicos-administrativos.

O evento é mais uma ação de formação continuada e discutiu dois temas emergentes que vem desafiando a prática educativa na unidade: a avaliação da aprendizagem e a indisciplina no espaço educativo.

Dentro dos dois dias de programação, os servidores do campus participaram de conferências, debates, mesas temáticas e momentos de trocas de experiências. A Jornada contou ainda com a presença dos pesquisadores Cipriano Luckesi, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e Reginaldo Souza Silva, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), além de representantes de órgãos públicos e do terceiro setor, como o Ministério Público e o Conselho Estadual de Direitos da Criança e do Adolescente.

A programação do dia 24 teve início com a palestra do pesquisador Cipriano, com o tema “Avaliação da Aprendizagem na Educação Profissional: Princípios e Desafios”. Ele é doutor em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e professor aposentado da Faculdade de Filosofia da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Cipriano trouxe reflexões sobre o processo educativo e avaliativo, fazendo um resgate histórico a partir da educação jesuítica no período colonial. O educador enfatizou o fato dos alunos terem demandas pontuais e que os instrumentos avaliativos, na maioria das vezes, não fazem uma avaliação sistemática - o diagnóstico do aprendizado deve ser preciso e somente uma pesquisa adequada pode revelar o que o aluno realmente aprendeu. O educador colocou ainda que existem dois tipos de aprendizagem: a primeira é a aprendizagem para o domínio, ou seja, a aprendizagem do que já existe; e a segunda é a aprendizagem para o desenvolvimento, os saltos que o estudante dá com o conteúdo que aprendeu. "O futuro a gente não conhece, o que podemos pedir nos testes é o que foi ensinado. O desenvolvimento, a criatividade, nós podemos treinar", comenta. E finaliza: "Nós ensinamos o conteúdo do passado, mas o afeto quem vai dar é o aluno, nosso papel é oferecer o estímulo. Uma coisa é o conteúdo transmitido, outra é a loucura de cada um".

De acordo com Cristiane Copque Santana, pedagoga do campus e organizadora do evento, "a jornada pedagógica é um momento ímpar destinado à formação continuada dos profissionais que atuam na área acadêmica das instituições educacionais. Em 2015, conseguimos realizar uma jornada que atendeu as expectativas do corpo docente do campus Camaçari porque trouxemos temáticas que vem desafiando a nossa prática educativa: avaliação da aprendizagem e indisciplina no espaço escolar. Os palestrantes convidados nos brindaram com excelentes intervenções que provocaram os docentes presentes e suscitaram reflexões pertinentes quanto aos temas trabalhados".


Coordenação de Comunicação – campus Camaçari

 

Leia mais: Campus Camaçari realiza a Jornada Pedagógica 2015

registrado em: ,