Você está aqui: Página Inicial > Notas e Comunicados Reitoria > COMUNICADO À SOCIEDADE, AOS SERVIDORES E DISCENTES DO IFBA

COMUNICADO À SOCIEDADE, AOS SERVIDORES E DISCENTES DO IFBA

publicado: 24/11/2016 16h52, última modificação: 24/11/2016 17h13

 

É do conhecimento de todos que a Reitoria tem responsabilidades inadiáveis para com servidores e discentes, que envolve os setores de compras, processo seletivo de estudantes, financeiro, orçamentário, contábil, informática e comunicação, de forma a garantir, dentre outras atividades, a folha de pagamento, lançamento de férias, pagamento de fornecedores, aquisições para os campi, dentre outras ações intransferíveis. Tais atividades não podem e não devem parar.

A Reitoria, desde o início das ocupações dos estudantes, vem trabalhando em diversos órgãos públicos, tentando manter o funcionamento destas áreas. Temos realizado tais atividades emergenciais compreendendo que a pauta anunciada pelo movimento é contra a PEC 55/2016 (antiga PEC 241), o PL 865/2015 e a MP 276/2016 da reforma do ensino médio (e não contra o Instituto). Entendemos que o IFBA não é (e não deve ser) o alvo das ocupações. Porém, assim como tem ocorrido em outras instituições de ensino públicas do país, o Instituto foi ocupado a fim de chamar atenção da sociedade e dos políticos para que não aprovem as novas propostas de novas legislações orçamentárias e pedagógicas da educação brasileira.

Cada pró-reitoria e diretorias sistêmicas irá enviar comunicado aos servidores, esclarecendo sobre novas rotinas de trabalho bem como dando orientações de como proceder para minimizar os impactos causados pela situação que estamos vivendo.

Ressaltamos que o movimento não pode (e não deve) se reverter contra a Instituição, pois os prejuízos nessa instância são sempre danosos para a sociedade, servidores e até mesmo os  estudantes. Parar a instituição em todas suas ações, não contribui com a causa pela qual foi anunciada neste movimento estudantil.

Mais uma vez reafirmamos que é legítimo todo e qualquer movimento que venha a promover o desenvolvimento da educação do país. E partindo deste princípio é que conclamamos à todos da necessidade da manutenção das atividades fundamentais desta Instituição, que contribui para o fortalecimento desta mesma sociedade.

registrado em: