Você está aqui: Página Inicial > Instituto Federal > Notícias 2016 > Presença da comunidade marca SNCT no campus Eunápolis

Presença da comunidade marca SNCT no campus Eunápolis

publicado: 08/03/2016 16h12 última modificação: 07/04/2016 17h49

Por Helen

O fascinante mundo dos astros foi o ponto de partida da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2015, do campus Eunápolis, do Instituto Federal da Bahia (IFBA). A palestra do professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Marildo Pereira, “Exoplanetas: novos mundos descobertos” foi a primeira atividade do evento, que aconteceu entre os dias 3 e 5 de março.

O estudioso, que coordena o programa Itinerante de Popularização das Ciências, contou que esse tipo de participação ajuda a tornar a astronomia mais conhecida, espalhando as descobertas das últimas décadas. “Trouxemos para palestra as informações do que aprendemos nos últimos 28 anos de estudos. A ideia é trazer essa ciência que nós fazemos nos nossos laboratórios e observatórios para a população. Ano passado nós rodamos mais de 7 mil km no estado”, concluiu.

Com o tema “Luz, Ciência e Vida”, a organização da semana reuniu esforços de professores, técnicos e estudantes para realizar um evento fora da data padrão, como explicou a professora Geórgia  Sampaio. “A mudança foi justamente para superar os obstáculos, já que 2015 foi um ano atípico. Fazer uma semana que estava marcada para o mês de outubro seria uma impossibilidade, então a gente observou que agora em março seria melhor para fazer, mesmo acontecendo dois eventos com as mesmas características no ano. Mas nós ainda estamos no ano letivo 2015, então atende”, afirmou.

Com uma programação que, além das palestras, incluiu oficinas, minicursos, sessões de painéis e também no planetário e salas temáticas, a semana teve grande engajamento dos alunos. Uma experiência que Gabriel De Wylson, estudante do 2º ano de informática, aproveitou. “Durante todo o processo nós passamos mais tempo no IFBA, estudando e preparando os experimentos, por vontade nossa, pra poder espalhar conhecimento para todos e participar da SNCT. A nossa intenção aqui (sala temática) foi de explicar o processo de luz e vida das plantas, como elas sobrevivem fora da luz, como sobrevivem com luz, os processos diferentes. Valeu muito a pena e as pessoas estão adorando”, disse.

Segundo a organização, essa mobilização foi sentida na comunidade de discentes de forma geral.  “As salas temáticas foram uma alternativa para mobilizar, mas não apenas as salas, no momento que a gente precisou de auxílio em qualquer atividade eles foram solícitos, sendo monitores ou não, eles estão participando do evento, acompanhando as atividades”.

O sucesso da semana pôde ser sentido também com a forte presença do público externo durante os dias de atividades, como ressaltou Geórgia. “Quando a gente convidou a comunidade ela respondeu prontamente. Muitas escolas não puderam vir agora em março, mas já se comprometeram a vir em outubro para a SNCT 2016, trazendo inclusive seus trabalhos para cá porque a ideia é fazer uma feira de ciências com as outras escolas”, finalizou.

 

Coordenação de Comunicação – Campus Eunápolis