Você está aqui: Página Inicial > Instituto Federal > Notícias 2016 > Polo de Inovação Salvador recebe visita de representantes da Embrapii

Polo de Inovação Salvador recebe visita de representantes da Embrapii

publicado: 26/10/2016 12h34 última modificação: 31/10/2016 10h05

Por Iali Moradillo

O Polo de Inovação Salvador (PIS), do IFBA, recebeu ontem (25), a visita de Carlos Eduardo Pereira, diretor de operações, e Álvaro Abackerli, coordenador de acompanhamento da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), para uma reunião de acompanhamento.

Pereira informou que a visita faz parte da dinâmica da Embrapii e deve acontecer pelo menos uma vez ao ano, com o objetivo de acompanhar o desenvolvimento das unidades. “É um momento de aprendizado e troca, justamente para entender quais progressos estão sendo feitos e poder auxiliar. A gente brinca que essa reunião de acompanhamento olha um pouco para trás, mas focando em olhar mais para frente”, afirmou.

Além dos representantes da Embrapii, estiveram presentes Handerson Leite, diretor geral do PIS, Hugo Silva, chefe do departamento de projetos, Lívia Simões, coordenadora de administração, Claudio Renaldo Barbosa, chefe de departamento de formação de recursos humanos, e Antônio Gabriel Almeida, coordenador de projetos e os pesquisadores Antônio Bitencourt e  Andrea Bittencourt.

Handerson informou que a parceria Embrapii x IFBA envolve três grandes processos  “Formação de RH”, “Plano de Estruturação” e “Plano de ação geral do Polo de Inovação”, e a visita de ontem focou neste último processo. “A Embrapii trabalha com gestão de qualidade, então, a visita foi para verificar o andamento das metas que foram definidas no termo de cooperação firmado a Embrapii e o IFBA”.

No dia anterior (24), Álvaro esteve reunido com a equipe do Polo para acompanhar o andamento dos outros dois processos. Handerson explica que o “Formação de RH”, utiliza a metodologia “on the job training”, que forma os alunos através da  prática. “ Eles aprendem como gerir e como planejar projetos de inovação, como fazer montagem de projeto, negociação etc. É uma espécie de estágio”, conclui.

A respeito do “Plano de estruturação”, Handerson informou que Álvaro avaliou a maturação dos oito processos chaves que fazem parte do plano: prospecção de projetos, elaboração técnica, negociação de projetos, gestão de projetos, execução de projetos, gestão de portfólio, gestão de Propriedade Intelectual (PI) e  comunicação.