Você está aqui: Página Inicial > Instituto Federal > Notícias 2017 > Oficina de pandeiro acontece hoje, durante a JRER 2017 do campus Salvador

Oficina de pandeiro acontece hoje, durante a JRER 2017 do campus Salvador

publicado: 14/11/2017 10h49, última modificação: 14/11/2017 10h49

A oficina de pandeiro “Tocar para transformar” será realizada pela cantora, compositora, musicista e atriz Emillie Lapa, hoje ,14, na IX Jornada das Relações Étnicas e Raciais (JRER) do campus Salvador do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA). 

Nascida na capital baiana, Emillie Lapa faz soar instrumentos como cavaquinho e baixo, mas o que faz pulsar a força da sonoridade ancestral da musicista é tocar instrumentos de percussão. O trabalho da artista revela resistência aos diversos tipos de preconceito e afirma a identidade feminina em canções autorais, releituras de músicas e poesias que entoam ritmos com influência afro-brasileira.

Os interessados em participar da oficina de pandeiro devem comparecer à sala de artes, às 14h. Aqueles que possuem o instrumento devem levá-lo para a atividade.

A JRER 2017 é aberta ao público e tem como tema Descolonizando os Estudos Étnicos e Raciais: cultura, educação e gênero. Neste dia 14, a programação começa às 9h com a mesa-redonda Território, Religião e Patrimônio. Às 14h, os participantes podem escolher entre as oficinas O lugar sagrado da Terra/terraTocar para transformar ou o projeto de cinema no campus com o filme Língua: vidas em português.  A partir das 19h, acontece a roda de conversa Circulando Saberes, Articulando Ações: literatura, história e religiosidade.

A jornada segue ainda nos próximos dias 20 e 24 de novembro. Confira a programação!

​ Por Jamile Teixeira - Divisão de Comunicação - DICOM / Campus Salvador