Você está aqui: Página Inicial > Instituto Federal > Notícias 2017 > Cursos superiores do IFBA passam por avaliação do MEC para reconhecimento

Cursos superiores do IFBA passam por avaliação do MEC para reconhecimento

por Helen Sampaio publicado: 18/08/2017 16h39, última modificação: 21/08/2017 11h08

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), desde o início de 2017, tem recebido visitas de representantes do Ministério da Educação (MEC) para avaliação e reconhecimento de cursos superiores oferecidos pela Instituição. 

Ao todo, já foram cinco avaliações neste ano, nas quais foram concedidas a nota 4, em uma escala que varia de 1 a 5, aos seguintes cursos: Tecnologia em Eventos (campus Salvador), Licenciatura Intercultural Indígena (campus Porto Seguro), Engenharia Civil (campus Eunápolis), Engenharia de Alimentos (campus Barreiras) e Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (campus Irecê).

Para o reconhecimento dos cursos são avaliados os seguintes requisitos: o projeto do curso, o corpo docente, as instalações físicas e o quantitativo de laboratórios. O resultado positivo das avaliações impacta diretamente no Conceito Preliminar de Curso (CPC) e no Índice Geral dos Cursos (IGC) do Instituto, que atualmente está na faixa considerada satisfatória, com nota 3. O IGC é o indicador resultante de uma média ponderada do Conceito Preliminar de Curso (CPC) com a nota obtida pelos estudantes no Exame Nacional dos Estudantes (Enade).

“A nossa expectativa é que em 2018 nosso CPC suba para 4, pois na avaliação de recredenciamento institucional, que foi realizada em abril nos campi de Salvador, Vitoria da Conquista e Barreiras, tivemos uma média 4, nas avaliações de reconhecimento dos nossos cursos superiores obteve-se notas acima do satisfatório. Aguardamos que nossos alunos das Engenharias, Licenciaturas, Tecnológicos, Arquitetura e Urbanismo e Sistema de Informação tenham resultados positivos no Enade 2017. Será o reconhecimento da sociedade de que o IFBA oferta cursos superiores de qualidade. Esse resultado vem refletindo o esforço coletivo empenhado por todos os servidores  que atuam diretamente com o ensino superior”, destacou a chefe do Departamento de Ensino Superior da Pró-Reitoria de Ensino (Proen).

O Departamento de Ensino Superior conta com o apoio da Comissão Institucional de Avaliação Interna de Cursos Superiores (CAICS), composta por professores do Instituto (que também são avaliadores do INEP) e coordenadores de cursos, que fazem uma avaliação prévia nos cursos com o objetivo de diagnosticar os pontos fortes e fracos.

Ainda este ano, alguns dos cursos superiores passarão por uma reavaliação, realizada a cada três anos. São eles: Matemática, Física e Geografia (campus Salvador), Matemática (campus Barreiras), Engenharia Elétrica (campus Paulo Afonso), Sistemas da Informação (campus Vitória da Conquista) e Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (campus Eunápolis), sendo este último o único com período já agendado: de 17 a 20 de setembro.

Leia mais: MEC visita Campus Irecê para reconhecimento do curso ADS

registrado em: