Você está aqui: Página Inicial > Instituto Federal > Notícias 2017 > Campus Salvador sedia reunião geral de planejamento do mestrado profissional em rede

Campus Salvador sedia reunião geral de planejamento do mestrado profissional em rede

publicado: 03/07/2017 10h50, última modificação: 06/07/2017 13h58

De 27 a 29 de junho, representantes da Coordenação Acadêmica Nacional e do Comitê Gestor do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT) estiveram reunidos no auditório de física do campus Salvador do Instituto Federal da Bahia com o objetivo de organizar o início das atividades do mestrado, incluindo as aulas no Polo IFBA.

Ao todo, aproximadamente 30 profissionais participaram do encontro, incluindo a equipe de apoio técnico e os docentes do IFBA vinculados ao programa, que tiveram momento especial na quarta-feira, 28, para aprofundar conhecimentos ao lado dos coordenadores acadêmicos e integrantes da gestão nacional. 12 professores do Instituto compõem a equipe docente, sendo nove da capital e outros três divididos entre os campi Lauro de Freitas, Porto Seguro e Eunápolis.

Na opinião da professora Luzia Mota, coordenadora local do ProfEPT e membro da Comissão Acadêmica Nacional como representante docente, a ocasião foi essencial para fortalecer e mobilizar a equipe baiana. “Trazer o mestrado para funcionar no IFBA e ser capaz de atingir toda a Bahia, que possui assimetrias regionais significativas, é o ganho mais relevante da proposta. Além de servidores dos IFs, temos alunos aprovados por demanda social, atuantes em diferentes espaços educacionais, como na Rede Estadual de Ensino, principal ofertante de EPT do estado. A importância do mestrado está justamente na capacidade de formar recursos humanos para atuar e construir conhecimento na e sobre a educação profissional”, pontuou.

Nas palavras de Rony Freitas, integrante da coordenação geral, a cargo do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), também polo de aula, o momento foi de planejamento: “Estamos na organização do ProfEPT há muito tempo, cerca de dois anos, a fim de submeter a proposta à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Realizamos reuniões em estados diferentes para compreender as diversas realidades, já que atuamos em rede, de modo colaborativo. Pra mim, esse é o nosso grande diferencial! Em outubro, teremos outro encontro, desta vez para tratar do alinhamento conceitual com os docentes do programa, formados em diferentes áreas, mas unidos por proposta única”, destacou.

Semestralmente, os grupos se reúnem para avaliar as ações realizadas e planejar os próximos passos. Vitória/ES, Bento Gonçalves/RS, e São Paulo, capital, já estiveram na lista das cidades-sede. A Bahia foi palco para o 4º encontro. Durante a reunião, temas como financiamento e programação da aula inaugural foram destaques, além da avaliação do Exame Nacional de Seleção, que superou as expectativas, alcançando 19.000 candidatos, de todos os estados do país, para concorrer às 401 vagas oferecidas, sendo apenas 24 para o IFBA, que obteve mais de 1.000 inscritos, entre servidores da casa e profissionais de outras instituições. “No dia 7 de agosto, pretendemos realizar transmissão online da abertura simbólica das aulas, através do Canal do Youtube do Ifes”, acrescentou Freitas.

Nove outros institutos federais estão interessados em aderir ao ProfEPT, que já está ofertando 20 vagas especiais para servidores do Ministério da Educação (MEC). Até o fim do ano, há previsão para abertura de novas inscrições.

Por Verusa Pinho/Comunicação Social - Campus Salvador

 

Leia mais

Primeiro mestrado profissional em rede dos institutos federais está com inscrições abertas

registrado em: