Você está aqui: Página Inicial > Instituto Federal > Notícias 2017 > Campus Salvador oferece minicursos de tecnologias em computação

Campus Salvador oferece minicursos de tecnologias em computação

publicado: 08/03/2017 15h12 última modificação: 23/03/2017 15h10

Por Verusa Pinho

Com o título “Sessão da Tarde”, o novo projeto de extensão do campus Salvador consiste em uma série de minicursos voltados para tecnologias em computação, com foco em tópicos atuais e de aplicação no mundo acadêmico e industrial. Os cursos, de curta duração, serão ministrados por professores, graduandos e egressos do IFBA, além de convidados.

Os pré-requisitos para inscrição estão disponíveis neste link, onde também há mais informações sobre os facilitadores e as formações. No dia 16 de março, começa o primeiro minicurso. Até maio, serão 12 ciclos de atividades, todas realizadas nos Laboratórios do Departamento de Computação do Bloco L do referido campus.

“A área de computação está em frequente atualização. A cada dia, novas tecnologias são propostas e desenvolvidas. Muitas são adotadas pela indústria. Os componentes curriculares dos cursos de graduação normalmente não são focados na tecnologia em si, mas na teoria. Todavia, é importante e motivador para o aluno ter acesso às tecnologias na prática. Desta forma, o projeto Sessão da Tarde tem por objetivo apresentar cursos sobre importantes novidades (ou tecnologias consolidadas)  para os participantes”, explica o coordenador da graduação tecnológica de análise e desenvolvimento de sistemas (ADS) do IFBA, Renato Novais, coordenador do projeto, que também conta com o apoio dos docentes Antônio Carlos Souza, Manoel Marques Neto e Sandro Andrade.

As inscrições são gratuitas. Os interessados podem manifestar interesse em mais de uma formação, descrevendo ordem de preferência, mas a Comissão Organizadora priorizará a distribuição das vagas entre diferentes participantes.

 

Pesquisa, Pós-Graduação & Inovação

Atualmente existem três grupos de pesquisa vinculados a ADS: Educação e Tecnologias (GPTec)Grupo de Sistemas Distribuídos, Otimização, Redes e Tempo Real (GSORT) e o Laboratório de Desenvolvimento de Software (Labrasoft).

Em 2016, o IFBA ainda inaugurou o Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Sistemas e Produtos (PPGESP), cujo foco é a pesquisa de ponta nas áreas de Sistemas e Produtos Computacionais; Controle e Comunicação; Sistemas e Produtos Biomédicos.

De acordo com o diretor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (DPPGI) do campus Salvador, Allan Freitas, também docente da graduação e ex-coordenador de ADS, o Instituto possui, atualmente, uma competência estabelecida na área de computação, com um quadro docente altamente especializado, composto por professores mestres e doutores. “O estudante tem a possibilidade de verticalizar o ensino no próprio IFBA, com a Especialização em Computação Distribuída e Ubíqua e o Mestrado Profissional em Engenharia de Sistemas e Produtos. Ainda pode atuar desde o início do curso na iniciação científica e tecnológica", comenta.

Aliado a essas vantagens, diversos professores estão inseridos em projetos de alcance nacional e internacional, como é o caso de Sandro Andrade, um dos principais nomes da comunidade de software livre, sendo colaborador ativo e membro da Diretoria da KDE, e de Renato Novais, que participa da coordenação do projeto de pesquisa Rescuer, voltado para o atendimento em situações de emergência e gerenciamento de crise (um protótipo foi testado na Copa do Mundo 2014​)​, desenvolvido em parceria com instituições de referência no Brasil e na Europa. "Essas atuações abrem portas importantes para nossos alunos", finaliza o professor Renato.