Você está aqui: Página Inicial > Instituto Federal > Notícias - 2015 > Polo Embrapii: laboratórios do IFBA recebem visita de consultor

Polo Embrapii: laboratórios do IFBA recebem visita de consultor

publicado: 10/11/2015 16h32 última modificação: 12/08/2016 10h43

Os laboratórios do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), no Núcleo de Tecnologia em Saúde (NTS), no campus Salvador, e no Parque Tecnológico da Bahia, foram visitados, na última semana (entre os dias 4 e 6), por um dos consultores do Departamento de Engenharia Mecânica da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), disponibilizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii). 

A visita objetivou fazer um diagnóstico e recomendações sobre os processos estruturantes do polo Embrapii. Entre os tópicos observados estão: estrutura organizacional, governança, pessoas, prospecção e negociação de projetos. Segundo o diretor geral do polo e professor do IFBA, Handerson Leite, as recomendações do consultor foram importantes, pois permitirão maior aprendizado e avanço nas questões relacionadas aos processos de gestão da inovação. 

Apesar do resultado positivo, Handerson ressaltou que o processo de consultoria não se encerrou nesta primeira visita. “Temos uma agenda de consultoria que está sendo organizada e que deverá se estender até janeiro de 2016. O polo está em fase de implantação, portanto, estamos organizando o espaço físico, trabalhando na aquisição de materiais e equipamentos e na estruturação do modelo de gestão, principal foco da consultoria que está sendo disponibilizada”, esclareceu. 

Aprovação como polo Embrapii 

O IFBA foi habilitado como um dos cinco polos de inovação em institutos federais de educação, credenciados no sistema da Embrapii, a partir da aprovação na chamada pública nº 02/2014. 

O Instituto é o segundo polo na Bahia e está cadastrado como polo Embrapii na área do Complexo Econômico e Industrial da Saúde, no subsistema Equipamentos e materiais para uso em saúde. “Ao final do processo, deveremos ter condições de implementar no Polo de Inovação Salvador um modelo de gestão moderno e voltado para a pesquisa e o fomento da inovação que deverá ser irradiado para os processos de P,D&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) da Instituição como um todo”, finalizou Handerson. 

 

Leia mais: IFBA é selecionado como polo Embrapii